Projeto vai estudar reservas de água no subsolo do Alto Tietê

A Secretaria de Estado de Infraestrutura e Meio Ambiente anunciou um projeto, em parceria com as prefeituras que integram Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat), para estudar as reservas de água subterrânea e a possibilidade de extraí-las em benefício da agricultura da região. O anúncio foi feito ontem, durante o evento de comemoração dos 10 anos de fundação do Condemat no Cemforpe, em Mogi das Cruzes.

"Neste novo projeto nós vamos entender a quantidade de água subterrânea que temos disponível na região e, com esses dados, estudaremos a melhor forma de extrai-la de uma maneira sensata, inteligente e equilibrada para potencializar a agricultura local que é um importante setor produtivo do Alto Tietê", explicou o secretário Marcos Penido, revelando também que o projeto terá inicio no começo do próximo ano.

"Temos que entender que os municípios não são cidadelas amuradas e isoladas, um precisa se comunicar com o outro e a somatória dos esforços que a região busca novos voos e abre portas para oportunidades", completou.

Além do secretário, estiveram presentes diversas autoridades, entre elas os prefeitos, ex-prefeitos e prefeitos eleitos das cidades que integram o Condemat. O atual presidente da associação e prefeito de Guararema, Adriano Leite (PL) não pôde comparecer devido a suspeita do coronavírus (Covid-19) mas gravou um vídeo de boas-vindas a todos.

Ex-presidentes do Condemat também prestigiaram o evento e foram homenageados, entre eles o deputado Federal, Marco Bertaioli (PSD), ex-prefeito de Mogi das Cruzes e presidente do consórcio em 2015 e 2016.

"O Condemat é a força do Alto Tietê, as características dos municípios são muito semelhantes, vivemos a mesma realidade e enfrentamos os mesmos obstáculos, por isso, nós precisamos trabalhar para que todos sejam beneficiados com investimentos do governo federal e estadual", disse.

O atual prefeito de Mogi, Marcus Melo (PSDB), que dirigiu o consórcio no primeiro trimestre de 2020, destacou a importância da entidade no trabalho de integração dos municípios e na união entre os prefeitos.

Rodrigo Ashiuchi (PL), prefeito reeleito de Suzano e também ex-presidente do Condemat, em 2018 e 2019 comemorou as conquistas resultantes dessa união e apontou outros desafios como a demanda por uma alça de acesso no Trecho-Leste do Rodoanel Mário Covas (SP-21).

Ainda que o tema sobre candidaturas para a presidência do consórcio não tenha sido discutido no evento, Ashiuchi foi apontado como o favorito para o cargo pelo prefeito reeleito de Guarulhos, Gustavo Henric Costa (PSD). Sobre a indicação, Ashiuchi informou que há vários prefeitos que podem ser indicados. "Todos são importantes e teremos o momento certo para conversamos sobre o tema. Em 4 de janeiro teremos uma reunião para a eleição", avaliou.

Compõe o Condemat 12 cidades: Arujá; Biritiba Mirim; Ferraz de Vasconcelos; Guararema; Guarulhos; Itaquaquecetuba; Mogi; Poá; Salesópolis; Santa Branca; Santa Isabel e Suzano.

*Texto supervisionado pelo editor.