Câmara aprova contas de Mamoru Nakashima

As contas de 2016 e 2017 da Prefeitura de Itaquaquecetuba foram aprovadas pelos vereadores durante sessão realizada ontem. Na ocasião, a maioria dos parlamentares rejeitou o parecer do Tribunal de Contas do Estado (TCE), que havia desaprovado a gestão financeira da administração municipal nesses dois períodos. No entanto, apenas os vereadores Adriana Félix (PL), a Adriana do Hospital, David Neto (PP), Edson Rodrigues (Pode) e Edvando Jesus (Pode), o Vandão, concordaram com a opinião do TCE.

Logo após a votação, uma denúncia de improbidade administrativa contra o prefeito Mamoru Nakashima (sem partido) foi colocada em pauta. O pedido de cassação partiu da vereadora Adriana do Hospital, mas apenas sete vereadores votaram a favor, sendo os outros 12 contra.

Por fim, o projeto da Lei Orçamentária Anual (LOA) da Prefeitura para 2021 foi votado e aprovado por unanimidade. Como já informado no site da Câmara, o orçamento previsto para o ano que vem será de R$ 885 milhões.