Cunha confirma permanência de Henrique Naufel na Saúde

O prefeito eleito Caio Cunha (Pode) anunciou ontem a permanência do atual secretário de Saúde, Henrique Naufel, para sua gestão. Após avaliar o impacto que a saída do médico causaria no enfrentamento à pandemia da Covid-19, Cunha convidou Naufel para permanecer no cargo e, durante coletiva de imprensa no Hospital Municipal de Braz Cubas, confirmou o aceite.

"Muito importante a gente manter uma pessoa que, além de toda competência, tem um lastro, um histórico que começou junto com esse processo de pandemia", explicou Cunha. "Acho que, não por conta disso, seria uma irresponsabilidade ter algum outro nome para escolher", completou Cunha, afirmando que o aprendizado durante os meses iniciais da pandemia precisa ser continuado e utilizado.

O prefeito eleito disse que teve duas conversas importantes com o secretário de Estado da Saúde, Jean Gorinchteyn, nas quais o titular da Pasta estadual referendou a permanência de Naufel no cargo. 

Gorinchteyn esteve diretamente ligado às ações iniciais tomadas pela Prefeitura de Mogi das Cruzes no combate ao coronavírus. Sua presença foi intermediada pelo secretário Naufel, com quem o titular estadual tem relação próxima, já que Naufel foi seu professor. 

O futuro chefe do Executivo relembrou que, antes de Naufel assumir a secretaria, comentou com o filho do atual secretário municipal, seu amigo pessoal, a intenção de nomear o médico para chefiar a Pasta, caso fosse eleito. Naufel assumiu o posto em março deste ano, dias antes do então surto do coronavírus ser anunciado como pandemia. 

O médico colocou como condição de sua permanência a manutenção dos profissionais que atualmente integram sua Pasta, para não perder o ritmo de trabalho que o setor imprime atualmente. Além disso, o especialista também quis saber dos planos de Cunha em relação ao seu trabalho, se seria utilizado apenas para o enfrentamento da Covid-19 ou se o prefeito eleito conta com sua participação ao longo dos próximos quatro anos. Com a confirmação de que Cunha deseja sua atuação em toda sua gestão, Naufel aceitou o convite.

"Não poderia ser irresponsável de não aceitar. Seria mais fácil falar 'muito obrigado, fiz o que pude' e passar a bola. Mas não, temos um repique, temos muitas coisas para fazer. Ainda não fiz aquilo pelo que eu entrei na Secretaria de Saúde, que é melhorar a atenção básica", explicou.

Como principal desafio, a pandemia da Covid-19 continua como obstáculo mais urgente para ser superado. Para o futuro, quando controlada a doença, Naufel prometeu intensificar as melhorias na rede básica de saúde e fortalecer o vínculo da saúde da família.

"Essa pandemia vai acabar, se Deus quiser no ano que vem, com certeza no segundo semestre vai ser bem melhor do que está sendo. E aí vamos conseguir trabalhar com muito mais afinco a atenção básica que foi o grande motivo para eu ter aceito (o cargo) lá atrás", pontuou o titular da Pasta.

Maternidade

Durante o anúncio de sua permanência, o médico henrique Naufel disse que a conclusão das obras da Maternidade, anunciadas para 2022, serão antecipadas para o próximo ano.

Deixe uma resposta

Comentários