Prefeito de Arujá anuncia secretariado

Camargo dará prioridade ao hospital municipal
Camargo dará prioridade ao hospital municipal - FOTO: Divulgação
O prefeito eleito de Arujá, Luis Camargo (PSD), o Dr Camargo, concedeu uma entrevista coletiva na sala de reunião da Prefeitura, na manhã de ontem, na qual apresentou os nomes que irão compor o secretariado de seu governo, deu detalhes sobre a transição e comentou quais serão seus primeiros atos à frente do Executivo. Abrir a licitação para a construção do tão esperado hospital municipal, logo no início de 2021, está entre os planos, já que o prefeito eleito corre contra o tempo para que Arujá não perca a verba para a construção da unidade. "Dia 4 (de janeiro) vai ser aberta essa licitação. Vai ser a primeira coisa que vai estar na mesa do secretário (de Obras, Planejamento e Serviços). Estive reunido com a superintendência da Caixa e nos deram informações sobre a cláusula suspensiva da verba, que se encerra em dezembro de 2021. Precisamos do projeto urgente e de todas as aprovações que ele exige e, paralelo a isso e à licitação, vamos pedir a prorrogação dessa cláusula. Mas tenho certeza que não vamos perder essa verba", explicou Camargo aos jornalistas.

Além de correr já no final desse ano, para deixar encaminhada a abertura da licitação para a construção do hospital - processo que dura, em média, 90 dias -, o prefeito eleito concentrará esforços, no começo do próximo ano, na Operação Verão, para evitar problemas com enchentes, desabamentos e deslizamentos de terra, na manutenção das escolas da rede municipal, fechadas durante a fase crítica da pandemia, e na zeladoria da cidade, com serviços de poda de árvores e limpeza de bueiros, dentre outros, além da própria questão da Covid e da vacinação. "Estamos estudando convênios com hospitais particulares, para ampliação de leitos, e sou favorável ainda ao sistema de vacinação drive-thru e também nos asilos e onde for necessário. Estamos verificando a questão das câmaras frias para manter as vacinas, bem como a compra de seringas e estudando a logística a ser implementada", adiantou.

Economia

O prefeito eleito anunciou também o secretariado que irá compor a próxima gestão, e frisou que a escolha foi exclusivamente técnica e de comprometimento com o trabalho e a cidade. Dentre os nomes foram anunciados: Ricardo de Almeida, o Ricardo Pitta, secretário de Esportes; Marcos Regueiro, secretário de Assuntos Jurídicos; Rogério Gonçalves Pereira, o Rogério da Padaria, secretário de Governo; Andreia de Oliveira Assis, secretária de Meio Ambiente; José Carlos Santos, secretário de Desenvolvimento Econômico; Marco Valdanha, secretário de Planejamento, Obras e Serviços; Elaine Gentil, secretária de Educação; Márcio Knoller, secretário de Saúde; Rodolfo Ribeiro Machado, secretário de Habitação; Washington Luís Beolchi Adami, secretário de Segurança; Caio César Vieira de Araújo, secretário de Finanças; Juvenil dos Santos, secretário de Cultura; e Marina Bernardo da Costa Antonio, secretária de Assistência Social.

A Pasta de Assuntos Internos deixará de existir sozinha, sendo incorporada a de Assuntos Jurídicos, ao passo que a de Obras se funde a de Planejamento e Serviços. Com isso, Camargo estima uma economia anual em torno de R$ 1 milhão.

Deixe uma resposta

Comentários