Secretários passaram por processo seletivo

Até o momento, 11 secretários da próxima gestão já foram anunciados e, segundo a vice-prefeita eleita Priscila Yamagami (Pode), todos foram escolhidos por meio do processo seletivo instaurado pelo prefeito eleito Caio Cunha (Pode) e sua equipe.

Durante os anúncios de secretários definidos pelo futuro chefe do Executivo, o processo seletivo foi destaque. Caio Cunha ressaltou que, para que a escolha de seu secretariado fosse de fato técnico, seria necessária a instauração desse processo que ouvisse os candidatos e mensurasse o potencial de cada um. 

Segundo a coprefeita, no processo seletivo são avaliadas as competências técnicas e comportamentais, além das aptidões dos candidatos. A entrevista presencial, na qual é avaliada a desenvoltura do candidato principalmente nos aspectos técnicos, encerram o processo e elencam quais estão aptos a assumir o cargo.

"A avaliação é muito criteriosa, pois o foco no resultado a ser apresentado para a cidade é prioridade para concretizar nosso plano de governo", explicou a vice-prefeita eleita Priscila.

Questionada sobre a forma em que os nomes de candidatos chegam até o grupo que realiza o processo seletivo, Priscila afirmou que as indicações partem de pessoas ligadas à equipe do próximo governo, e também pessoas que já eram monitoradas antes mesmo da candidatura. "Eu, o prefeito Caio e nosso chefe de gabinete, o Lucas Porto, além de outras pessoas de nossa equipe, temos uma vasta rede de pessoas técnicas de excelência de diversas áreas em todo o país", completou. 

A mais recente secretária anunciada, Rose Tonete, de Educação, também passou pelo processo após ser indicada pela professora Maria Geny Álvila Horle, uma das participantes do conselho de mentores criado por Cunha para discutir métodos e estratégias para a Educação. A vice-prefeita não soube precisar quantos candidatos passaram pelo processo de seleção para a Pasta, mas afirmou que diversas opções foram entrevistadas.

"Essa avaliação não acontece de hoje, se estende desde antes de sermos eleitos, feita de maneira bem criteriosa. Conhecer toda a trajetória antes de convidar para a fase de entrevistas foi preponderante em nossas escolhas", concluiu a vice-prefeita eleita.

Escolhidos

Desde sua eleição, Caio Cunha já anunciou os secretários de Educação, Rose Tonete; Finanças, Ricardo Abílio Rossi Cardoso; de Mobilidade Urbana, Cristiane Ayres Contri; de Desenvolvimento Econômico, Gabriel Bastianelli; Desenvolvimento Social (antiga Assistência Social), Celeste Xavier; Agricultura, Felipe Almeida; Segurança, André Ikari; Assuntos Jurídicos, Sylvio Alckimin; Gabinete, Lucas Nóbrega Porto; Governo, Francisco Camargo; Planejamento e Urbanismo, Cláudio de Faria Rodrigues; e Saúde, Henrique Naufel.

Para esta semana, são aguardados os nomes dos titulares de Cultura e de Gestão.

Deixe uma resposta

Comentários