Prefeito eleito discute as medidas restritivas

Decreto elenca os serviços autorizados a funcionar
Decreto elenca os serviços autorizados a funcionar - FOTO: Ney Sarmento/PMMC
O vice-prefeito Juliano Abe, responsável pelo Comitê Gestor de Retomada Gradativa das Atividades Econômicas da Prefeitura de Mogi das Cruzes, esteve reunido com o prefeito eleito Caio Cunha na última segunda-feira para tratar sobre as medidas restritivas referentes à Fase 1 - Vermelha do Plano São Paulo, que estarão em vigor de 1º a 3 de janeiro. A regulamentação para o funcionamento das atividades e serviços essenciais neste período está disposta no Decreto Municipal nº 19.805, publicado na terça-feira.

"Neste período da pandemia, a cidade vem cumprindo integralmente o disposto no Plano SP e as diretrizes do Governo do Estado. Fizemos um trabalho seguindo sempre critérios técnicos e científicos mantendo um diálogo aberto com os representantes dos mais diferentes setores da economia. Conversamos com o prefeito eleito sobre as ações que desenvolvemos e mais especificamente sobre decreto com as medidas para os dias 1, 2 e 3, destacando a necessidade de dar seguimento ao planejamento de fiscalização neste período", disse o vice-prefeito.

De 1º a 3 de janeiro poderão funcionar serviços de saúde, alimentação (supermercados, mercados e congêneres, comercialização de suplementos alimentares, feiras livres, mercado municipal, bem como os serviços de entrega "delivery" e "drive-thru"), abastecimento, segurança, comunicação social e transporte. A venda de bebida alcóolica, especificamente, em comércio varejista de mercadorias (lojas de conveniência) será permitida das 6 às 20 horas. Todas as medidas estão disponíveis no site da Prefeitura.

Deixe uma resposta

Comentários