Palmeiras recebe o Bahia em reencontro com Mano

Um ano depois de demitir o técnico Mano Menezes, o Palmeiras reencontra hoje, às 19 horas, o mesmo treinador no papel de comandante do Bahia. Os dois times se enfrentam pelo Campeonato Brasileiro no Allianz Parque com a equipe paulista bastante desgastada pela sequência de jogos e preocupada com o encontro da próxima terça-feira diante do Libertad, pelas quartas de final da Copa Libertadores.

Em dezembro do ano passado Mano deixou o Palmeiras após perder por 3 a 1 diante do Flamengo. O técnico foi mandado embora ainda no vestiário, em uma tarde que teve ainda a demissão do então diretor de futebol, Alexandre Mattos. O Palmeiras afastou os dois com o discurso de mudança de filosofia de jogo e de reformulação do departamento de futebol. O plano apresentado era o de apostar nas categorias de base e em uma proposta mais ofensiva de jogo.

O time agora enfrenta o ex-treinador com um elenco modificado em comparação ao Palmeiras de 2019. As jovens revelações foram promovidas e o comando é todo estrangeiro. Ao contrário do ambiente negativo e de pressão que marcou a saída de Mano, agora o momento é outro. O clube joga a partida sem estar preocupado em administrar crise, mas sim focado em poupar o elenco.

O Palmeiras acumula mais de 30 jogos nos últimos cem dias e não tem desde agosto uma semana livre para treinar. Essa maratona se tornou ainda mais dura por causa de um surto interno de Covid-19 e lesões. Os jogadores pouco têm descansado e ainda na próxima terça-feira decidem vaga na semifinal da Libertadores.

"O nosso foco é o Bahia, passando o Bahia aí sim voltaremos o foco para o Libertad, sabendo das dificuldades, mas com totais condições de fazer um grande jogo e ir para a semifinal. Não priorizaremos nenhuma competição, temos de nos doar ao máximo sempre, assim como estamos fazendo todos os jogos", disse o atacante Willian, que completou 200 jogos pelo clube.

A novidade no time deve ser o retorno do lateral-direito Marcos Rocha, recuperado do processo de transição física após ter Covid-19. Palmeiras inicia a rodada na 7ª posição e com a necessidade de não se distanciar dos líderes. A equipe está 12 pontos atrás do São Paulo, porém com um jogo a menos.

O técnico Mano Menezes deu a entender que poderá preservar alguns jogadores do confronto diante do Palmeiras. O treinador está inclinado a priorizar a Copa Sul-Americana e, por isso, indicou algumas mudanças, principalmente no setor ofensivo.

Deixe uma resposta

Comentários