Em boa fase, Tricolor tenta quebrar tabu contra Timão

A favor do Corinthians está o bom retrospecto contra o São Paulo em Itaquera
A favor do Corinthians está o bom retrospecto contra o São Paulo em Itaquera - FOTO: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians
O Corinthians tentará frear o embalo do líder São Paulo hoje, às 18h15, na Neo Química Arena, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. Para isso, aposta no excelente retrospecto contra o rival quando joga em Itaquera e também no elenco mais descansado. O último jogo do time alvinegro foi no dia 2, enquanto a equipe tricolor atuou no meio da semana - goleou o Botafogo por 4 a 0.

O São Paulo nunca venceu o Corinthians no estádio que foi inaugurado há seis anos na zona leste da capital paulista. Foram 12 jogos, sendo nove derrotas e três empates. Os anfitriões também marcaram 25 gols e sofreram apenas 10.

O momento da equipe do técnico Fernando Diniz, no entanto, é muito melhor do que a de seu adversário. São seis vitórias nos últimos sete jogos pela competição. O São Paulo vem de uma sequência invicta de 17 jogos no Brasileirão. Se não for derrotado neste domingo, o time tricolor vai igualar a série de 18 partidas sem perder, obtida no campeonato de 2008, justamente no último título nacional do clube.

Para a partida em Itaquera, Diniz poderá contar com o retorno de Daniel Alves, que cumpriu suspensão diante do Botafogo. Com isso, Tchê Tchê volta a ser opção no banco de reservas. O restante do time deve ser o mesmo por que o São Paulo não tem novos desfalques por lesão ou casos de coronavírus.

"A gente tem uma final no domingo contra o Corinthians. É saber trabalhar, saber descansar e colocar toda a nossa energia a favor do time para que a gente consiga bons resultados. Não tem mágica e motivo nenhum para empolgação", afirmou o técnico são-paulino.

No Corinthians, o técnico Vagner Mancini não confirmou a escalação. Mas é certo que o time terá mudanças em relação ao empate sem gols com o Fortaleza. Expulso na partida, Jô dará lugar a Matheus Davó.

As principais dúvidas estão meio-campo. Cazares deve ficar com a vaga de Luan, que vinha sendo titular. Ramiro, que se recuperou de lesão recentemente, também pode voltar. A tendência é que Otero siga entre os titulares.

"Estamos em casa, vamos entrar em campo para ganhar, fazer acontecer. Vamos entrar com sangue no olho porque temos que ganhar esse jogo. Estamos em casa. Fazer isso acontecer. Queremos dar alegria à torcida, isso é muito importante", disse o venezuelano

O zagueiro Jemerson se recuperou do novo coronavírus, mas ainda deve continuar no banco de reservas, sem previsão de estrear, pois não atua desde março. A dupla de zaga será formada por Bruno Méndez e Gil.

Deixe uma resposta

Comentários