Palmeiras visita o Inter e busca administrar elenco

O Palmeiras vai ao Beira-Rio, hoje, às 21 horas, para enfrentar o Internacional, pelo Campeonato Brasileiro e avaliar a preparação rumo à série de quatro jogos por semifinais que terá pela frente nas próximas semanas. O time do técnico Abel Ferreira enfrenta o rival gaúcho com a preocupação de administrar o desgaste do elenco e de olho nos duelos decisivos da Copa do Brasil e da Copa Libertadores.

Apesar da partida com o Inter representar um confronto direto com um adversário pelo G4 do Brasileirão, o Palmeiras tem na agenda compromissos mais decisivos nos próximos dias. Na quarta-feira, o time recebe o América-MG pela primeira partida da semifinal da Copa do Brasil. O jogo de volta será na semana seguinte. Logo depois, em janeiro, nos dias 6 e 13, será a hora de encarar o River Plate por vaga na final da Libertadores.

Desde agosto, o Palmeiras não tem uma semana livre para treinar. E pelo menos até meados de janeiro, a sequência não deve diminuir. Então, resta à comissão técnica administrar o elenco enquanto os mata-matas não recomeçam.

Por isso, o Palmeiras se preparou para esse jogo contra o Inter com uma atenção especial à parte física do elenco. Isso vale tanto para quem está desgastado quanto para quem precisa recuperar o ritmo. Entre quem estava inativo, a novidade é o atacante Luiz Adriano. Fora dos sete últimos compromissos do time por causa de uma lesão na coxa esquerda, o jogador treinou com o grupo e deve ficar no banco de reservas.

A presença do principal centroavante da equipe é uma maneira de voltar a dar sequência para um atleta que pode ser decisivo nos confrontos de mata-mata. Curiosamente, ele retorna no encontro com o Inter, time que o revelou no Sul. No ano, Luiz Adriano tem 38 partidas e 15 gols, um deles anotado diante da equipe gaúcha, no primeiro turno do Brasileirão.

Nesse planejamento prévio antes das semifinais, vale também deixar fora quem pode se machucar. Por isso, a tendência é que o atacante Rony seja poupado. O jogador foi titular em cinco das últimas seis partidas do Palmeiras. Agora, o técnico Abel Ferreira prefere dar um descanso para que possa estar mais inteiro para as semifinais que se aproximam.

Mesmo com 12 pontos atrás do líder São Paulo, o Internacional ainda confia em voltar à briga pelo título do Brasileirão. O sonho passa por uma vitória hoje no confronto direto com o Palmeiras. O jogo marca a despedida do ídolo argentino D'Alessandro e os gaúchos querem uma festa completa. Um triunfo vale o quarto lugar.

Deixe uma resposta

Comentários