Palmeiras e Grêmio duelam pelo título da Copa do Brasil

O exigente torcedor do Palmeiras terminou a noite de ontem com um sorriso no rosto. Se na semana passada foi dormir desconfiado com o empate por 1 a 1 contra o América-MG, agora o sono será tranquilo - em Belo Horizonte, o time venceu o rival por 2 a 0 e vai decidir a Copa do Brasil pela quinta vez, em busca do seu quarto título, em duas partidas contra o Grêmio que prometem mobilizar o país.

Para chegar à decisão, o Palmeiras precisou passar por uma série de obstáculos nas últimas semanas. Única equipe brasileira a disputar as últimas três competições do calendário - Brasileirão, Libertadores e a Copa do Brasil - o time sofreu com o desgaste físico imposto pela quantidade de partidas disputadas e ainda teve quase que o elenco inteiro contaminado pelo coronavírus.

O técnico Abel Ferreira se virava como podia para manter o time com bom rendimento nas competições. À medida que os jogadores testavam negativo, começava a luta para a recuperação física.

São Paulo fora

O Grêmio está classificado para mais uma final da Copa do Brasil. Ontem à noite, segurou o São Paulo no Morumbi, empatou por 0 a 0 e se classificou para a sua nona decisão, pois havia triunfado em Porto Alegre por 1 a 0. Diante do Palmeiras, buscará o seu sexto título para se igualar ao Cruzeiro como o maior vencedor da competição.

Foi a terceira vez que o time gaúcho enfrentou o São Paulo em 2020, sem ser vazado nelas - havia ficado no 0 a 0 no Morumbi pelo Brasileirão. O Grêmio também ampliou a invencibilidade diante do adversário para 11 jogos, com 5 vitórias e 6 empates, sendo que a última derrota foi em 2013.

Muito disso foi conquistado pela consistência apresentada no Morumbi, tanto que a meta gremista praticamente não foi ameaçada pelo São Paulo. E se pouco atacou no segundo tempo, ainda teve as melhores oportunidades da primeira etapa.

Ao São Paulo, em jejum de títulos desde 2012 e sem nunca ter sido campeão da Copa do Brasil, resta o Brasileirão para buscar uma taça nesta temporada. Mas a possibilidade é boa, afinal, o time está na liderança e com sete pontos de vantagem para Atlético-MG e Flamengo.

Deixe uma resposta

Comentários