Operação da Guarda impede os pancadões

A Guarda Civil Municipal (GCM) e a Secretaria de Transportes e Mobilidade Urbana de Suzano prestaram auxílio à Polícia Militar (PM) durante a Operação Paz e Proteção, na virada do ano. A atividade se iniciou na noite de 31 de dezembro (quinta-feira) e garantiu mais segurança aos suzanenses por toda a madrugada de 1º de janeiro (sexta-feira).

Ao todo, 75 pessoas foram abordadas durante a operação, que também resultou na vistoria de 30 motocicletas, sendo que oito foram apreendidas. Os agentes ainda inspecionaram 23 carros - sendo um apreendido - e autuaram 26 motoristas por infração de trânsito.

De acordo com a comandante da GCM, Rosemary Caxito, a maioria das apreensões ocorreu devido a irregularidades na documentação ou por se tratarem de produtos de furto ou roubo. "Estivemos em pontos estratégicos do município, traçados conforme estudos prévios, a fim de garantir mais tranquilidade aos moradores durante a virada de ano. Além disso, conseguimos inibir 'pancadões' e outros encontros que geram aglomeração, que foi o principal objetivo da ação, visto também o cenário de pandemia. Nos dias seguintes, sábado e domingo, seguimos com o patrulhamento comunitário em áreas específicas", detalhou.

Já o assessor especial da Secretaria de Segurança Cidadã, Jefferson Ferreira dos Santos, destacou que a parceria do município com a PM foi bastante eficaz. "Desde o início do mês passado estivemos neste trabalho conjunto com a Polícia Militar, por meio da Operação Natal Seguro, da Associação Comercial.

Deixe uma resposta

Comentários