Festival Mix leva atrações culturais a 400 mil pessoas

Organizado pelo Teatro Contadores de Mentira, de Suzano, o Festival Mix alcançou quase 400 mil pessoas entre os dias 26 e 30 de dezembro. As atividades culturais realizadas nesse período beneficiaram cerca de 100 companhias e geraram renda para mais de 300 pessoas, contemplando artistas independentes das mais diversas áreas. Os bons números fazem a coordenação pensar em outras ações do mesmo gênero para 2021.

A agenda proporcionou, com recursos da Lei Aldir Blanc, 40 horas de transmissão em vídeo. Foram atendidas 104 companhias, grupos, artistas independentes da cultura popular, do circo, do movimento LGBTQIA e da cultura negra.

Os vídeos atingiram 370 mil pessoas com ações dos mais variados tipos, desde apresentações e performances de música, dança, teatro e literatura em formato pocket a debates e diversas manifestações da cultura popular e tradicional.

Todos os conteúdos do Festival Mix foram gravados de acordo com as normas de segurança sanitária exigidas pela pandemia, no Cineteatro Wilma Bentwegna e Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU) Gardênia, em Suzano.

A produção contou com artistas e produtores culturais bem ativos na cena regional do Alto Tietê. Entre eles Daniele Santana, Manoel Mesquita Jr, Pamella Carmo, Samuel Vital e Silas Xavier, sob a coordenação do poeta e produtor cultural Math'eus Borges.

O evento foi desenvolvido para o uso dos recursos da Lei Aldir Blanc via edital municipal de Suzano. Proporcionou uma atmosfera de possibilidades para a produção e organização cultural.

Deixe uma resposta

Comentários