Obras na Mogi-Dutra seguem ainda neste mês

Ainda não há prazo para a conclusão das obras de duplicação da rodovia Mogi-Dutra (SP-88). Com mais um adiamento - desta vez, em razão das chuvas em dezembro - o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) não estabeleceu nova data para o término dos serviços. Porém, o órgão afirma que os trabalhos serão realizados ao longo deste mês. Ainda falta 1,5 quilômetro da pista para ser finalizada.

Iniciadas em 2018, as obras de duplicação da SP-88, no trecho entre Mogi das Cruzes e Arujá, sofreram atraso e receberam ao menos três prazos diferentes para a conclusão. A estimativa mais recente do Governo do Estado era em dezembro de 2020. Contudo, por conta do período de chuvas, segundo o DER, não foi possível a aplicação da camada final de rolamento no asfalto.

"Para a conclusão definitiva da obra, entregaremos nas próximas semanas mais 1,5 quilômetros de pavimentação de pistas duplicadas, onde resta ser aplicada a camada final de rolamento", disse o DER, por meio de sua assessoria de Imprensa.

Segundo o órgão, para a aplicação desta última camada, é necessário que o asfalto esteja seco para a aderência do binder, que também é conhecido como a camada de ligação com a base da pista.

Como consolo aos motoristas, o DER promoveu serviços para maior fluidez do tráfego em 4,6 quilômetros de pistas duplicadas entre as cidades de Mogi das Cruzes e Arujá.

O órgão garante que, ainda que a estação de chuvas possa se estender por mais alguns meses, como tipicamente ocorre na região, o trecho restante da SP-88 será entregue nas próximas semanas.

Para a duplicação de 7,4 quilômetros de rodovia Mogi-Dutra, o Governo do Estado investiu R$ 103,9 milhões. A rodovia recebe, em média, um volume diário de 45 mil veículos, entre Mogi das Cruzes e Arujá.

Deixe uma resposta

Comentários