Mogi se articula com o Estado para campanha de vacinação

Mogi das Cruzes e outras cidades da região do Alto Tietê passaram a redobrar seus esforços para a organização de uma campanha de vacinação em seus municípios, diante do anúncio feito pelo governador João Dória na tarde de ontem sobre a eficácia da vacina CoronaVac e seu uso emergencial no final de janeiro.

As ações estão baseadas na entrevista coletiva realizada no Instituto Butantan em São Paulo no início da tarde de ontem, que apresentou a eficácia da vacina desenvolvida em conjunto com o laboratório Sinovac, da China. O anúncio da vacina substituiu a entrevista coletiva que trataria da atualização do Plano São Paulo de enfrentamento do coronavírus, adiado para hoje.

A Prefeitura de Mogi das Cruzes reiterou, por meio de sua Secretaria Municipal de Saúde, que trabalhará em conjunto e que aguarda a comunicação do Estado para a definição da estratégia de imunização. No entanto, o município já está se planejando para executar a campanha quando as doses chegarem. A cidade conta atualmente com 34 pontos de vacinação, sendo 21 Unidades Básicas de Saúde (UBS) e 13 Unidades Saúde da Família (USF).

A cidade de Ferraz de Vasconcelos também informou, por meio de sua Secretaria de Comunicação Social, que o município vem se preparando para a campanha de imunização, com a elaboração de um plano municipal prévio. No entanto, o município também aguarda as orientações da Secretaria de Estado da Saúde tanto para a logística quanto para a distribuição das doses da CoronaVac.

A Secretaria de Saúde de Suzano, por sua vez, informou que já foi elaborado o Plano Municipal de Vacinação, com três locais para a primeira etapa que funcionarão, inicialmente de segunda a sexta-feira das 8 às 17 horas: na Arena Suzano de 25/01 a 22/03 (região central), no Centro de Artes e Esportes Unificado Alberto de Souza Candido no Jardim Gardênia Azul (região norte) e na Escola Municipal Odário Ferreira da Silva no Jardim Belém (região sul) - estes dois locais no período de 08/02 a 22/03. O município também estuda a adoção de estratégias extraordinárias, como a vacinação em "drive-thru", além da abertura dos locais aos sábados, domingos e com horário estendido.

A Prefeitura de Itaquaquecetuba informou que possui um plano de vacinação abrangendo as 16 Unidades de Saúde, com previsão de aumento de locais de vacinação em pelo menos 30%. O município também informou que conta com estoque de seringa e agulhas para realização da imunização dos profissionais de Saúde e idosos, e que aguarda receber mais 390 mil seringas e agulhas para a campanha.

Segundo as autoridades estaduais, o agente imunizante tem 78% de eficácia em casos leves, podendo chegar a 100% de eficácia nos casos mais graves e que necessitam de internação hospitalar. Com a revelação, o governo do Estado deu entrada no pedido de uso emergencial junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para populações-alvo mais afetadas pela doença.

CâMARA TéCNICA DO CONDEMAT MARCA REUNIãO PARA ACERTAR DETALHES EM CONJUNTO

O Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat) informou que está programada para a próxima segunda-feira uma reunião entre os membros da Câmara Técnica da Saúde para a definição de estratégias envolvendo a logística de armazenamento, distribuição, campanhas, horários e locais de vacinação. 

O início das remessas de vacinas para os Grupos de Vigilância Epidemiológicos (GVE) devem ocorrer na próxima semana, segundo o consórcio municipal, que vem acompanhando e discutindo a estruturação dos municípios-membros para atender à campanha de maneira bem sucedida.

A coordenadora da Câmara Técnica de Saúde, Adriana Martins, informou que foi feito um levantamento com os municípios sobre a disponibilização de insumos para a campanha - seringas e agulhas - além das câmaras refrigeradas para armazenamento das doses. “Tivemos a preocupação em nos organizamos antecipadamente enquanto municípios para recebermos as doses da vacina e iniciarmos a campanha com agilidade e segurança, orientando inclusive na questão de espaços e formatos apropriados para a vacinação, orientando que ocorra de preferência fora das unidades de saúde que devem manter as atividades de rotina”, declarou. 

Na terça-feira, os 12 prefeitos dos municípios que compõem o Condemat assinaram em conjunto um Termo de Intenção para a aquisição de 300 mil doses, o que equivale à cobertura de 150 mil pessoas (5% da população do Alto Tietê). Além de atuar como reserva técnica, as doses poderão ser utilizadas como complemento às campanhas de imunização do Estado e do Ministério da Saúde, sendo direcionadas aos profissionais da Educação e das forças de segurança como policiais, bombeiros e Guardas Civis Municipais.

Deixe uma resposta

Comentários