Cidades definem planos de vacinação contra a Covid-19

Os municípios do Alto Tietê, diante do anúncio feito pelo governador João Dória na tarde de ontem sobre a eficácia da vacina CoronaVac e seu uso emergencial a partir de 25/01, passaram a reforçar seus esforços para a organização de uma campanha de vacinação em seus municípios.

As ações estão baseadas na recente declaração do governador do Estado, promovida em entrevista coletiva realizada no Instituto Butantan em São Paulo, que apresentou a eficácia da vacina desenvolvida em conjunto com o laboratório Sinovac, da China. O anúncio da vacina substituiu a entrevista coletiva que trataria da atualização do Plano São Paulo de enfrentamento do coronavírus, adiado para hoje.

A Secretaria de Saúde de Suzano informou que já foi elaborado o Plano Municipal de Vacinação, com três locais para a primeira etapa que funcionarão, inicialmente de segunda a sexta-feira das 8 às 17 horas: na Arena Suzano de 25/01 a 22/03 (região central), no Centro de Artes e Esportes Unificado Alberto de Souza Candido no Jardim Gardênia Azul (região norte) e na Escola Municipal Odário Ferreira da Silva no Jardim Belém (região sul) - estes dois locais no período de 08/02 a 22/03. O município também estuda a adoção de estratégias extraordinárias, como a vacinação em "drive-thru", além da abertura dos locais aos sábados, domingos e com horário estendido.

A Prefeitura de Itaquaquecetuba, por sua vez informou que possui um plano de vacinação abrangendo as 16 Unidades de Saúde, com previsão de aumento de locais de vacinação em pelo menos 30%. O município também informou que conta com estoque de seringa e agulhas para realização da imunização dos profissionais de Saúde e idosos, e que aguarda receber mais 390 mil seringas e agulhas para a campanha.

A Prefeitura de Mogi das Cruzes reiterou, por meio de sua Secretaria Municipal de Saúde, que trabalhará em conjunto e que aguarda a comunicação do Estado para a definição da estratégia de imunização. No entanto, o município já está se planejando para executar a campanha quando as doses chegarem. A cidade conta atualmente com 34 pontos de vacinação, sendo 21 Unidades Básicas de Saúde (UBS) e 13 Unidades Saúde da Família (USF).

A cidade de Ferraz de Vasconcelos também informou, por meio de sua Secretaria de Comunicação Social, que o município vem se preparando para a campanha de imunização, com a elaboração de um plano municipal prévio. No entanto, o município também aguarda as orientações da Secretaria de Estado da Saúde tanto para a logística quanto para a distribuição das doses da CoronaVac.

Segundo as autoridades estaduais, o agente imunizante tem 78% de eficácia em casos leves, podendo chegar a 100% de eficácia nos casos mais graves e que necessitam de internação hospitalar. Com a revelação, o governo do Estado deu entrada no pedido de uso emergencial junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para populações-alvo mais afetadas pela doença.

CâMARA TéCNICA DO CONDEMAT FAZ REUNIãO

O Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat) informou que está programada para a próxima segunda-feira uma reunião entre os membros da Câmara Técnica da Saúde para a definição de estratégias envolvendo a logística de armazenamento, distribuição, campanhas, horários e locais de vacinação.

O início das remessas de vacinas para os Grupos de Vigilância Epidemiológicos (GVE) devem ocorrer na próxima semana, segundo o consórcio municipal, que vem acompanhando e discutindo a estruturação dos municípios-membros para atender à campanha de maneira bem sucedida.

A coordenadora da Câmara Técnica de Saúde, Adriana Martins, informou que foi feito um levantamento com os municípios sobre a disponibilização de insumos para a campanha - seringas e agulhas - além das câmaras refrigeradas para armazenamento das doses. "Tivemos a preocupação em nos organizamos antecipadamente enquanto municípios para recebermos as doses da vacina e iniciarmos a campanha com agilidade e segurança, orientando inclusive na questão de espaços e formatos apropriados para a vacinação, orientando que ocorra de preferência fora das unidades de saúde que devem manter as atividades de rotina", declarou.

Os 12 prefeitos dos municípios que compõem o Condemat assinaram em conjunto um Termo de aquisição das vacinas.

Deixe uma resposta

Comentários