DAEE inicia serviços de limpeza e desassoreamento do rio Jaguari

O Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE), autarquia ligada à Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente, está iniciando os serviços de limpeza e desassoreamento do rio Jaguari, na divisa de Suzano e Itaquaquecetuba, num trecho de 1,3 mil metros compreendido entre a foz junto ao rio Tietê e a Estrada do Preju, no bairro Mandi.

A expectativa é de que os trabalhos com duração de nove meses contribuam para a remoção de aproximadamente 13.500 m³ de sedimentos (como areia, terra, lodo e lixo) depositados no fundo do canal. Volume este equivalente a 5,4 piscinas olímpicas (2.500 m³ cada).

Os serviços serão feitos com equipamentos adequados para as características do Jaguari, visando ao aumento da capacidade de vazão do curso d'água com a desobstrução e maior profundidade do canal. Para isso, serão investidos R$ 1,2 milhão com recursos do Fehidro (Fundação Estadual de Recursos Hídricos) e do DAEE.

O desassoreamento faz com que os trasbordamentos e cheias sejam evitados em épocas chuvosas, beneficiando a população do entorno com segurança e qualidade de vida.

Bacia do Alto Tietê

As ações de combate às enchentes em toda a bacia do Alto Tietê também foram priorizadas com onze empreendimentos de projetos, serviços e obras que tiveram contratos assinados em 2020 com recursos do Fehidro e do DAEE. Serão aproximadamente R$ 22,45 milhões investidos para beneficiar diretamente Suzano, Mogi das Cruzes, Guarulhos, Poá e Itaquaquecetuba, São Paulo, Santo André, Franco da Rocha e Francisco Morato.

Estão em andamento pelo DAEE os trabalhos de limpeza e desassoreamento do Córrego Pedrinhas, em Guarulhos; do Ribeirão Lajeado, em São Paulo; do Rio Jundiaí, em Mogi das Cruzes; e contenção de margens no Córrego Tijuco Preto, em São Paulo.

O DAEE já assinou os contratos de financiamento para outros treze empreendimentos de projetos e obras junto ao Fehidro, que, após trâmites administrativos, terão investimento de R$ 68,7 milhões, beneficiando os municípios de Mogi das Cruzes, Biritiba Mirim, Suzano, Ribeirão Pires, São Paulo, Franco da Rocha, Itaquaquecetuba, Mauá e Santo André. Em destaque, os serviços de limpeza, desassoreamento e desobstrução do Rio Tietê nos chamados Lotes 4,5 e 5; compreendidos entre as cidades de Mogi das Cruzes e Biritiba Mirim.

Deixe uma resposta

Comentários