Inha deve movimentar projeto de 2003 como presidente da Câmara

O presidente da Câmara de Ferraz de Vasconcelos, Flavio Batista de Souza (Podemos), também conhecido como Inha, deve colocar em prática um projeto votado pelo Legislativo em 2003, o Câmara Itinerante. A ideia será fazer audiências públicas específicas, inicialmente, nos principais bairros da cidade para ouvir as reivindicações diretas dos moradores.

As informações foram pontuadas ontem pelo presidente da Câmara, que também ressaltou como o seu principal desafio a conclusão das obras da sede própria, na Vila Romanópolis. Os serviços foram embargados pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE-SP) desde 2016, por suspeita de ilegalidades na execução financeira da obra.

“Aliás, caso consigamos convencer a Prefeitura de finalizar o prédio, estaríamos alcançado o nosso legado primordial no comando do Poder Legislativo. Afinal, hoje, a Casa está instalada num imóvel alugado e inadequado, no centro da cidade”, lamentou Inha na tarde de ontem.

Além disso, o presidente da Câmara Municipal já anunciou que pretende manter o ritmo da gestão anterior, já que trata-se de uma Casa que tem as finanças equilibradas e um corpo de servidores comprometido com o serviço público. O presidente destacou ainda que planeja atuar em parceria com o Poder Executivo para contribuir, de fato, para tirar a cidade do atraso.

Por 14 votos favoráveis e três contrários, o vereador foi eleito o novo presidente da Câmara Municipal. A chapa do político venceu o do grupo concorrente denominado de o Trabalho Tudo Vence durante a sessão solene de posse dos eleitos, em 15 de novembro do ano anterior. A cerimônia restrita por conta da pandemia ocorreu na sexta-feira, dia 1º, na Câmara Municipal, no centro. Inha está assumindo pela terceira vez o cargo de vereador e, ao mesmo tempo, de presidente da Casa.

Deixe uma resposta

Comentários