Vacinação é preparada

Os municípios que compõem o G5 - cinco cidades mais populosas do Alto Tietê - começaram a se preparar para o programa de vacinação contra o coronavírus (Covid-19). O governo do Estado, por meio de seu Plano Estadual de Imunização, pretende iniciar a vacinação no próximo dia 25 de janeiro. Diante da aproximação da data, as cidades da região discutem a melhor forma de vacinar a população e os detalhes logísticos.

Em Mogi das Cruzes, a Prefeitura se reunirá hoje para traçar novos detalhes sobre o plano municipal de vacinação. De acordo com o secretário Henrique Naufel, no mês passado houve uma primeira reunião entre os municípios do Alto Tietê e o grupo regional de Vigilância Epidemiológica. Desde então, Mogi vem se preparando para o trabalho por meio de discussão de equipes, levantamento de insumos, definição de logística e avaliação de dados vacinais.

A Prefeitura de Suzano relevou que 135 profissionais da Saúde estarão envolvidos na primeira fase da vacinação. A estimativa do município é vacinar 80,8 mil suzanenses na primeira etapa. Dentro deste total, estão inclusos 6,1 mil trabalhadores da Saúde e 34,3 mil idosos, ambos grupos receberão duas doses de acordo com as indicações do governo do Estado.

"O município já definiu três pontos de vacinação, sendo um na região central, um na zona norte e outro no distrito de Palmeiras. A expectativa é de que o atendimento ocorra das 8 às 17 horas, podendo ser estendido para o período noturno, em todos os dias da semana, de segunda-feira a domingo", detalhou a Prefeitura de Suzano, acrescentando que em caso de necessidade, postos de vacinação com sistema drives-thrus serão utilizados em pontos estratégicos para abranger, de maneira eficiente, o público-alvo estabelecido pelo Plano São Paulo.

Em Ferraz de Vasconcelos, de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, a cidade também já possui um plano prévio de vacinação.

* Texto supervisionado pelo editor.