Primeiras 5.240 doses da vacina devem chegar na sexta

Mogi das Cruzes começa a receber nesta sexta-feira, a primeira remessa da vacina contra o novo coronavírus (Covid-19). A informação foi dada em uma live conduzida pelo prefeito Caio Cunha (Pode) e com a participação do secretário de Saúde, Henrique Naufel, ontem à noite.

O secretário afirmou que serão inicialmente 5.240 doses. A princípio, a previsão divulgada por ele era que a entrega ocorreria hoje, mas, em seguida, a administração municipal corrigiu a informação para a sexta-feira.

A previsão é que os caminhões do Estado com as vacinas comecem a chegar nas cidades com mais de 200 mil habitantes, como é o caso de Mogi, ainda nesta semana. Neste primeiro momento a prioridade será vacinar os profissionais da saúde, que estão na linha de frente do combate ao vírus como os profissionais que atuam em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e Pronto Socorro. Segundo Naufel, no ano passado em outra campanha de vacinação foram mais de 9 mil doses e Mogi das Cruzes está recebendo um pouco mais da metade agora.

Tanto o secretário como o prefeito pediram calma para a população não ir aos postos neste momento e que aguarde as instruções do município. Depois dos profissionais de saúde, o grupo prioritário serão os idosos e, neste caso, todas unidades farão a aplicação, além do sistema drive-thru que gerou bom resultado.

O prefeito Caio Cunha deve se encontrar hoje com o vice-governador do Estado de São Paulo, Rodrigo Garcia, para pedir o reforço de mais 15 leitos de UTI para Covid no Hospital Dr. Arnaldo Pezutti Cavalcanti, em Jundiapeba.

O prefeito afirmou, que Mogi está com o esquema de vacinação preparado e o município já conta com toda a sua infraestrutura de logística e distribuição, bem como as equipes de saúde, em compasso de espera para iniciar a campanha de imunização.

Ele reforçou que, apesar da vacina é necessário adotar medidas de distanciamento social e uso de máscaras, e agradeceu ao empenho de todo o secretariado, em especial ao chefe da Pasta de Saúde, Henrique Naufel, "por antecipar e dar controle a toda a situação".

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, Mogi das Cruzes já conta com estoques suficientes de seringas e agulhas, embora não tenha recebido ainda remessas suplementares do Estado e da União. A previsão da Pasta é que o público-alvo na primeira etapa chegue a 63 mil pessoas, sendo destas 10 mil profissionais de Saúde (médicos, enfermeiros, cirurgiões, dentre outros) e aproximadamente 53 mil idosos.

O prefeito de Suzano e presidente do Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat), Rodrigo Ashiuchi (PL), informou que o município conta com todo o planejamento pronto - incluindo datas, locais e público-alvo da campanha: "Estaremos à disposição para vacinar o mais rápido possível, nem que nossas equipes fiquem 24 horas de plantão". A Prefeitura de Suzano prevê imunizar até 40 mil pessoas até o final de março. 

A Prefeitura de Ferraz de Vasconcelos, após questionamento, informou que já recebeu a confirmação do Ministério da Saúde e da Secretaria de Estado da Saúde sobre o início da campanha de vacinação, e que já conta com a infraestrutura necessária para o início dos trabalhos. Segundo a administração municipal, a expectativa é de que sejam imunizados na primeira etapa cerca de 25 mil pessoas, entre idosos, profissionais da saúde, indígenas e quilombolas.

A Prefeitura de Itaquaquecetuba informou que aguarda as definições a serem tomadas pelo Condemat para saber quantas doses o município receberá do Estado, e como será a imunização.

Deixe uma resposta

Comentários