Número de cristãos mortos ao redor do mundo aumenta 60%

Muitos cristãos são alvos de violência por não negarem Jesus. Na Lista Mundial da Perseguição (LMP) 2021*, o nível de violência é medido pelo monitoramento do número de incidentes contra os seguidores de Cristo em cada país. Eles podem ser de: cristãos mortos e presos, igrejas e casas de cristãos atacadas. Em muitos países, é difícil ter acesso aos números exatos de incidentes, mas, através de fontes indiretas, pode-se saber que há violência contra cristãos. Em alguns casos, os índices trazidos pela pesquisa da LMP são estimados.
Quantos cristãos foram mortos por causa da fé? Por não abandonarem o evangelho, muitos seguidores de Cristo são mortos, o que torna esse tipo de incidente um dos principais indicadores da violência contra os cristãos. O número de cristãos mortos apresentou aumento de 60% na Lista Mundial da Perseguição 2021 com 4.761 casos, se comparada à edição anterior. A Nigéria apresentou o maior número de irmãos assassinados, com 3.530 incidentes.
A violência com motivações religiosas, que tem por alvo os cristãos, pode ser identificada pelo total de incidentes ocorridos contra eles em cada país. Esses incidentes podem ser classificados em várias categorias, como o número de cristãos mortos, presos e atacados e o número de igrejas, casas e lojas atacadas.
É importante ressaltar que há locais onde é muito difícil ter acesso a números exatos, mas sabe-se claramente, por meio de fontes indiretas, que há incidentes violentos contra cristãos. Nesses casos, os números apresentados pela pesquisa da Lista Mundial da Perseguição 2021* são apenas estimados, o que faz com que muitos números sejam mais conservadores que os reais.
Destacamos também que por trás dos números das diferentes categorias de violência muito se esconde de vista. Um marido ou filho morto deixa a mãe e os filhos menores em um estado de vulnerabilidade. Uma esposa ou filha sequestrada deixa o homem imaginando o que pode estar acontecendo com ela - tais pensamentos atormentam a mente incessantemente, o que também é uma forma de perseguição.
Cristãos mortos
O número de cristãos mortos é um dos principais indicadores da violência enfrentada por nossos irmãos e irmãs ao redor do mundo pelo simples fato de serem cristãos. O número total de cristãos mortos por causa da fé aumentou 60%, indo de 2.983 casos registrados na Lista Mundial da Perseguição (LMP) 2020 para 4.761 na LMP 2021. A África é de longe o continente onde ocorreu a maioria dessas mortes, ou seja, 91% delas.
Na África, a região do Oeste Africano obteve o maior número de cristãos mortos por causa da fé, sendo 76% do número total e 83% do número para a África. Entre os países do Oeste Africano, a Nigéria teve o maior número de cristãos mortos. Somente no país, que passou a ocupar o Top10 da Lista Mundial da Perseguição 2021, o número aumentou de 1.350 na LMP 2020 para 3.530 na LMP 2021, o que representa 74% do número total.
Os números mensais de mortes de cristãos na Nigéria foram mais altos no período em que o país esteve sob bloqueio devido ao coronavírus, entre abril e agosto de 2020. Na Ásia, aumentou 43%. Na América Latina, 1% do número total.

CURTAS

Muçulmanos alcançados pelo Evangelho
O Oriente continua lutando contra a Covid-19 e seu impacto nas economias, mesmo com o início das implementações de vacinação. Mas apesar (e talvez até graças) à pandemia, o Espírito Santo está se movendo. Cry Out Now Ministries serve para construir o Reino de Deus no Líbano, Jordânia, Síria e Iraque. Devido a bloqueios, toques de recolher e restrições de contato, não era mais possível continuar o evangelismo de rua ou a distribuição das Escrituras de porta em porta. “Hoje, com a mídia social, pode haver campanhas com milhares de pessoas conectadas com uma mensagem na qual elas podem clicar se houver um interesse espiritual e até começar a fazer um estudo bíblico online”, dizem. “Ouvimos falar de pessoas que chegam à fé apenas respondendo a uma mensagem ou anúncio que recebem no Facebook ou alguma mensagem enviada pelo WhatsApp”, relatam. Um exemplo, é o de um muçulmano na Jordânia estava desiludido com o Islã. Mas ele não sabia mais para onde se virar. Então a Cry Out contatou esse homem nas redes sociais e ele ficou intrigado o suficiente para responder. “Esse cara passou por todo o caminho desde apenas debater e comparar o Alcorão com as Escrituras até o ponto em que ele reconhece que não quer mais falar sobre o Alcorão porque ele realmente acredita que encontrou a verdade”, diz Peter. A missão pede oração pelo jordaniano, para que ele dê o próximo passo para começar um relacionamento com Jesus Cristo.

Nani Azevedo recebe alta médica
Na sexta-feira (15), o cantor Nani Azevedo usou as redes sociais para contar aos fãs que recebeu alta médica. Ele agradeceu a todos que oraram por ele. No post, Nani escreveu a palavra “milagre” e expressou alegria pela chance de compartilhar uma boa notícia. Ele destacou que seus amigos e seguidores fazem parte dessa vitória. – Milagre! Paz de Cristo, amados! [Vim] compartilhar mais uma alegria com vocês, que fazem parte de mais essa vitória. Louvo a Jesus pela vida de cada um dos irmãos, bem como [por] minha família, que esteve [o] tempo todo, mesmo de longe, ao meu lado – declarou. O cantor ressaltou que as pessoas precisam se proteger contra o novo coronavírus. – Não brinquem com esse vírus! Continuem se protegendo, protegendo a família também. Evitem aglomerações desnecessárias. Logo esse vento passa e vem aí um tempo novo para todos nós – recomendou. Nani tinha sido internado, no último dia 7, por conta de complicações da Covid-19. Com infecção na garganta e miocardite (inflamação no coração causada pelo vírus), ele teve que ser levado para o Centro de Terapia Intensiva (CTI).

Wesley lança “Deus Tem um Plano”
A Deezer anunciou o lançamento do projeto Conexão Gospel, com a estreia de uma versão inédita da música “Deus tem um Plano”, nas vozes de grandes artistas como Wesley Safadão, Casa Worship e Clovis. Aliado ao forte investimento da Deezer na cena local, o Conexão Gospel convidará artistas para parcerias inéditas entre músicos de diferentes estilos ao longo de 2021. “Neste ano tão complicado, aprendemos o quanto dependemos uns dos outros para superarmos momentos difíceis. Esta iniciativa evidencia a ligação que podemos ter enquanto seres humanos, independentemente de termos visões distintas”, conta Pedro Kurtz, diretor de conteúdo da Deezer. Ele acrescenta que o importante é respeitar as diferenças e se unir para algo maior. “A Deezer é uma plataforma que explora essa rica imensidão cultural brasileira e está à frente quando se trata de detectar tendências e criar projetos originais”, complementa. A escolha da primeira música do projeto foi certeira. “Então olha pra teu lado, tem alguém que precisa de ti / Levanta a cabeça, joga fora essa tristeza, começa a sorrir” é um dos trechos da canção que carrega uma mensagem ampla de cuidado, carinho, amor, família e amigos – itens essenciais diante deste momento atípico que a humanidade enfrenta com a pandemia.

Deixe uma resposta

Comentários