Corinthians de Mancini vive o melhor momento

Próximo adversário do Corinthians no Campeonato Brasileiro, o Palmeiras está à frente na classificação e garantido nas decisões da Copa do Brasil e da Libertadores. Mas nem por isso vive um momento melhor. Essa, ao menos, é a avaliação de Vagner Mancini, lembrando que a sua equipe vem em uma série invicta de sete jogos, com quatro triunfos consecutivos. Por isso, ele crê que os times vão duelar na próxima segunda-feira, no Allianz Parque, estando em momentos bem parecidos.

"Eu acho que os times chegam iguais. Os dois vivem boa fase. O Palmeiras está na final da Copa do Brasil, da Libertadores, é óbvio que vamos enfrentar uma equipe que está numa grande temporada. O Corinthians se recuperou ao longo da temporada. Mas chegam iguais. É um dérbi, um jogo que envolve muita rivalidade acima de tudo, do nosso lado a gente vai tentar de todas as formas fazer um grande jogo e sermos merecedores daquilo que queremos", disse.

A ascensão do Corinthians sob o comando de Mancini é, de fato, notória. São 15 jogos do time com o treinador, sendo oito vitórias, quatro empates e três derrotas. E o time ascendeu para a oitava colocação no Brasileirão, na briga por uma vaga na Libertadores. O desempenho, claro, é celebrado pelo técnico, ainda que pedindo pés no chão.

"A recuperação do time me deixa muito feliz, porque vejo uma equipe jogando um futebol vistoso. A gente sai feliz, contente, mas sabendo que ainda não está bom. Vamos colocar os pés no chão, sabendo que tudo isso é um processo, e daqui a pouco vamos chegar onde queremos chegar", disse.

Na noite de quarta-feira, o Corinthians fez 5 a 0 no Fluminense, na Neo Química Arena, com gols de Jô, Cazares, Fágner, Mateus Vital e Luan. E Mancini destacou a atuação coletiva do setor ofensivo.

"Dá para dizer que o Corinthians fez um bom jogo, teve organização, foi uma equipe equilibrada, jamais perdeu o controle do jogo, isso mostra o trabalho que vem sendo feito, a dedicação dos jogadores, e a hora que você chega no jogo, você vê isso, uma equipe que quer vencer, mas não de qualquer forma. Ela quer vencer organizada em campo. Hoje (quarta-feira), o time soube marcar bem, atacou pelos dois lados do campo", concluiu o treinador.

Deixe uma resposta

Comentários