Nova picape da Chevrolet tem nome confirmado pela marca

Modelo de sucesso da GM, Montana começou a ser fabricada a partir do Corsa e depois usou o Agile como plataforma
Modelo de sucesso da GM, Montana começou a ser fabricada a partir do Corsa e depois usou o Agile como plataforma - FOTO: GM Media

A futura picape da Chevrolet já tem nome confirmado: Nova Montana. O modelo está em desenvolvimento ao mesmo tempo em que a fábrica de São Caetano do Sul inicia a primeira etapa de preparação. O produto é parte integrante dos R$ 10 bilhões que a GM investe no país.

"A GM acredita no Brasil e por isso estamos retomando os nossos investimentos no país, mesmo em meio à pandemia. A fábrica de São Caetano do Sul irá receber novos robôs e ferramentais com conceitos inovadores de manufatura, contando inclusive com equipamentos sem precedentes na América do Sul para garantir resultados excelentes em segurança, qualidade e sustentabilidade", comentou Carlos Zarlenga, presidente da GM América do Sul.

A Nova Montana irá estrear um conceito inédito de picape para a marca, que colocará o produto em um outro patamar, o se traduz para o consumidor em um automóvel de diferentes dimensões e muito mais evoluído do ponto de vista arquitetônico, com melhor dinâmica, eficiência e conteúdo. Um esboço do projeto está sendo mostrado pela primeira vez ao mundo.

A Nova Montana será o próximo integrante da nova família de veículos globais da Chevrolet, já composta pelas atuais gerações de Onix, Onix Plus e Tracker - todos referência em suas respectivas categorias.

O futuro produto irá complementar a linha de picapes Chevrolet na região, ampliando a presença da marca no segmento e contribuindo ainda para o fortalecimento de outros produtos estratégicos para a empresa no mercado, como a S10.

Escolha do nome

A Chevrolet tem uma forte reputação global no segmento de picapes com modelos icônicos e reconhecidos principalmente pela sua confiabilidade e poder de inovação. No Brasil, a marca foi pioneira em vários aspectos e vem ditando tendências.

Isso desde a questão produtiva, com seus processos de nacionalização, até o fato de ter estabelecido inúmeras soluções, como a cabine dupla, que se tornou preferência nos dias de hoje. Isto porque a Chevrolet sempre visou diversificar seu portfólio para antecipar as transformações do mercado.

"A Nova Montana irá unir um nome já consagrado de picape com um veículo de proporções inéditas que chegará repleto de inovações, especialmente concebida para atender as atuais preferências do consumidor", explica Hermann Mahnke, diretor-executivo de Marketing da GM América do Sul.

Deixe uma resposta

Comentários