Democratas do Senado veem julgamento rápido de Trump

Julgamento sobre a incitação no Capitólio começa hoje
Julgamento sobre a incitação no Capitólio começa hoje - FOTO: divulgação

Os democratas do Senado dos Estados Unidos disseram esperar um breve julgamento de impeachment a partir desta semana para o ex-presidente Donald Trump, uma vez que também buscam levar adiante a proposta de lei de alívio econômico de US$ 1,9 trilhão do governo Biden.

A nova maioria democrata - que depende da vice-presidente Kamala Harris para quebrar empates - ainda está descobrindo detalhes importantes sobre o processo de julgamento e sobre quais disposições incluir no projeto de lei.

A Câmara acusou Trump com um artigo sobre a incitação ao motim de 6 de janeiro no Capitólio, o que os advogados de Trump negaram, e o julgamento começa para valer hoje. Os integrantes do processo ainda não indicaram se haverá novas testemunhas no julgamento, deixando seu escopo e duração no ar, de acordo com legisladores e assessores. Os advogados de Trump recusaram um pedido para que o ex-presidente comparecesse.

Ao mesmo tempo, democratas estão debatendo quem deve ser elegível para cheques diretos de US$ 1.400 e se eles podem aprovar um salário mínimo de
US$ 15 como parte do pacote de estímulo relacionado à pandemia.

"O Senado vai fazer todas as três coisas na próxima semana. Vamos cumprir nossa responsabilidade constitucional e realizar um julgamento. Não vai durar muito. Vamos avançar com os indicados e vamos continuar a impulsionar a legislação de alívio contra a Covid-19", disse o senador Chris Murphy (Democratas, Connecticut).

Uma questão central no julgamento de impeachment será se o Senado pode processar um ex-presidente, o que a maioria dos republicanos na Câmara afirma que é inconstitucional. (E.C.)