Irã alerta Ocidente que pode desenvolver arma nuclear

O ministro da Inteligência do Irã, Mahmoud Alavi, alertou o Ocidente que seu país poderia iniciar o desenvolvimento de uma arma nuclear se as sanções internacionais paralisantes contra Teerã permanecerem em vigor, informou a televisão estatal ontem.

Os comentários de Alavi marcam uma rara ocasião em que um funcionário do governo disse que o Irã poderia reverter seu curso no programa nuclear. Teerã há muito insiste que o programa é apenas para fins pacíficos.

Uma fátua espécie de documento legal vigente na cultura islâmica, da década de 1990 do líder, aiatolá Ali Khamenei, afirma que as armas nucleares são proibidas. "Nosso programa nuclear é pacífico e a fátua do líder supremo proibiu as armas nucleares, mas se eles (países ocidentais) empurrarem o Irã, a culpa será daqueles que o empurraram", disse Alavi. (E.C.)