Praias terão regras neste final de semana

Barreiras sanitárias foram montadas e impõem regras a banhista em razão da Covid
Barreiras sanitárias foram montadas e impõem regras a banhista em razão da Covid - FOTO: Fernando Frazão/Agência Brasil

Mesmo com o cancelamento do carnaval no Estado de São Paulo para conter a transmissão do novo coronavírus, prefeituras do litoral paulista estão tomando medidas para restringir a chegada de turistas. Santos, Guarujá e São Vicente montam barreiras sanitárias nos principais acessos e impõem regras para banhistas e comerciantes. No litoral norte, a promessa é de fiscalização para evitar aglomerações.

Em Santos, onde foram revogados os pontos facultativos do carnaval, barreiras sanitária devem impedir o ingresso de vans e micro-ônibus de turismo hoje, amanhã e segunda-feira. Além disso, a Guarda Civil Municipal (GCM) reforçará o controle na orla.

Nas praias, segue valendo a proibição do uso de guarda-sóis, esteiras, tendas e barracas por banhistas, com permissão apenas às práticas esportivas individuais, com uso da máscara facial. Para os carrinhos de alimentação da faixa de areia, o limite é de dez guarda-sóis, atendendo por até 12 horas diárias. Equipes de fiscalização também vão atuar no comércio por meio de força-tarefa composta pela GCM, Polícia Militar e Secretaria de Finanças.

Já em Guarujá, as praias seguem liberadas para banhistas, porém, com regras. Conforme o decreto municipal 14.039, está permitida a disponibilização, por cada ambulante ou quiosque, de no máximo 10 guarda-sóis, Para hotéis, pousadas e condomínios, a regra tem uma diferença: a oferta deve ser limitada a um guarda-sol por quarto/unidade habitacional.

São Vicente adotará as barreiras sanitárias, onde a Secretaria de Trânsito e Transportes atuará de hoje a terça-feira, das 8 ao meio-dia, para orientar os condutores sobre as medidas para evitar a propagação da Covid-19.

Praia Grande, Itanhaém e Bertioga também atenderam a recomendação do governo do Estado e cancelaram os pontos facultativos de carnaval.