Bolsonaro diz que tem projeto já pronto

Presidente troca comando de pastas importantes em seu governo
Presidente troca comando de pastas importantes em seu governo - FOTO: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Um ano depois do início da pandemia da covid-19, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou nesta quarta-feira, 3, que está pronto para colocar em prática seu projeto de combate à crise sanitária no País, caso o Supremo Tribunal Federal (STF) entenda que é responsabilidade de seu governo a determinação de medidas no combate à doença. A fala ocorreu após comentar sobre o pedido de secretários de saúde por um toque de recolher nacional ou alguma outra política em nível federal de combate a disseminação do novo coronavírus.

"Preciso ter autoridade", afirmou o presidente. "Se o Supremo Tribunal Federal achar que pode dar o devido comando dessa causa a um poder central, que eu entendo ser legítimo meu, estou pronto", disse à imprensa, após reunião na embaixada do Kuwait com representantes de outros países do Golfo.

Em abril do ano passado, o STF decidiu que Estados e municípios têm autonomia para executar as medidas necessárias para conter o avanço do novo coronavírus. A decisão da Corte, contudo, não retirou da União a responsabilidade pelas ações de combate à pandemia. A decisão do Supremo foi usada por Bolsonaro, ao longo do ano passado, como justificativa para a ausência de uma coordenação do governo federal nas ações de combate ao vírus. "Infelizmente o poder é deles", disse se referindo ao STF. (E.C)