Espírito Santo adota quarentena de 14 dias

Hospitais lidam diariamente com mortes e  casos
Hospitais lidam diariamente com mortes e casos - FOTO: Mariana Acioli

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB), anunciou nesta terça-feira, 16, uma quarentena de 14 dias em todos os municípios do Estado após a taxa de ocupação de leitos de UTI referenciados para pacientes de covid-19 bater 91%, ultrapassando pela primeira vez a marca de 90%. O endurecimento das restrições valerá da próxima quinta-feira, 18, até 31 de março.

Em entrevista coletiva, o governador relatou que a rede de saúde capixaba acolheu pacientes de covid-19 transferidos do Amazonas, de Rondônia e Santa Catarina, onde os sistemas já entraram em colapso. "Salvamos vidas", afirmou. Ele reconheceu, contudo, que o Espírito Santo também passa, hoje, por fase de aumento do número de mortes, internações e casos confirmados do vírus.

A quarentena decretada por Casagrande suspende todas as atividades de educação presenciais. Restaurantes só poderão funcionar em esquema de delivery, sem permissão para drive-thru ou take-away. As reuniões proibidas. (E.C)