Emprego sustentável é o foco de Biden

Porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki disse ontem que o pacote de infraestrutura proposto pelo governo do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, a ser apresentado hoje terá como um dos focos a criação de empregos voltados à economia sustentável. Psaki também citou a expansão das redes de banda larga nos Estados Unidos e investimentos em obras mais tradicionais, como pontes, estradas e ferrovias, entre os pontos incluídos nos novos estímulos.

Junto ao pacote, Biden apresentará um plano para financiar o projeto, que deve vir com aumentos de impostos corporativos e aos mais ricos.

De acordo com a porta-voz, o objetivo do governo americano é tornar o sistema tributário dos EUA justo. "O foco da proposta é investir no país", acrescentou.

Entre outros anúncios da agenda econômica de Biden, Psaki disse que o governo dará continuidade à pausa nos juros e cobranças de empréstimos estudantis para mais de um milhão de pessoas cujas dívidas estão inadimplentes.

Não foram dados passos significativos em direção à suspensão da dívida de estudantes, porém, segundo informou Psaki.

Biden, sancionou ontem em cerimônia na Casa Branca, a lei que estende até maio o programa de empréstimos a pequenas empresas (PPP, na sigla em inglês). Anteriormente, a iniciativa se encerraria no final deste mês.

"Os pequenos negócios são o pilar da nossa economia, representam mais de 50% de todos os empregadores nos EUA", afirmou o presidente, ao assinar o projeto.

Criado no ano passado logo após o choque imediato do coronavírus, o PPP fornece crédito com juros favoráveis a companhias que se comprometam a não demitir funcionários.

Parte da dívida pode ser perdoada, caso a empresa cumpra certos requisitos. (E.C.)