Após vacinação de quem tem mais de 60 anos, SP imunizará pessoas com comorbidades

A coordenadora de Controle de doenças da Secretaria do Estado de São Paulo, Regiane de Paula, afirmou que após a vacinação contra a Covid-19 do grupo de pessoas com mais de 60 anos o Plano Estadual de Imunização (PEI) seguirá orientação do Ministério da Saúde e a imunizará as pessoas com comorbidades de risco para a doença. Ela citou, por exemplo, pessoas que tenham diabetes, doenças renais e do pulmão. O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou ontem a imunização do grupo com mais de 60 anos a partir do dia 29 de abril, a depender da produção e entrega de vacinas pela Fundação Oswaldo Cruz, ligada ao Ministério da Saúde.