São Paulo prorroga fase de transição

Milhares de pessoas ficaram sem a proteção completa
Milhares de pessoas ficaram sem a proteção completa - FOTO: Divulgação

O governo de São Paulo anunciou ontem a prorrogação da "fase de transição" do Plano São Paulo, entre a vermelha e a laranja, por mais uma semana, até 9 de maio. Esse faseamento entrou em vigor em 18 de abril. Além disso, a partir do próximo sábado, 1º, o horário de atendimento para serviço e comércio também será ampliado, com permissão de funcionamento das 6 às 20 horas. Por enquanto, o horário permitido é das 11 às 19 horas, respeitando a ocupação de 25% da capacidade total do estabelecimento.

O faseamento menos restritivo foi implementado em todos os municípios paulistas após uma leve melhora nos índices da pandemia do coronavírus.

Desde o último fim de semana, São Paulo flexibilizou as aberturas da fase de transição, permitindo o atendimento presencial em bares e restaurantes, além da visita a parques públicos. o novo faseamento anunciado pelo governo de São Paulo permite a abertura de lojas, comércio, bares, restaurantes, academias, salões de beleza e outros setores, mas com capacidade de público e horário de funcionamento reduzidos. (E.C.)