Volta à 'normalidade' turbina 3ª onda da Covid

Retomada precoce das atividades é a principal causa
Retomada precoce das atividades é a principal causa - FOTO: Emanuel Aquilera

A retomada precoce das atividades em praticamente todo o Brasil é a principal causa da nova onda de Covid-19 em formação. A avaliação está no novo Boletim InfoGripe divulgado ontem pela Fiocruz. Com a normalização da mobilidade diante de números ainda muito altos de casos e mortes, o SARS-CoV-2 voltou a circular com intensidade.

Assim, tornou-se praticamente inevitável o recrudescimento da pandemia. Há mais de 75% de chances de que essa piora ocorra em onze unidades da Federação (inclusive São Paulo) e de 95% em outras três, segundo o levantamento.

O novo Boletim InfoGripe alerta para tendência de crescimento dos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG). Atualmente, 96% dos casos são provocados pelo novo coronavírus. A expansão atinge a maioria dos Estados, capitais brasileiras e Distrito Federal. A análise se refere à semana epidemiológica 20 (de 16 a 22 de maio).

"O estudo sinaliza que o cenário atual está associado à retomada precoce das atividades", afirmou o pesquisador Marcelo Gomes, coordenador do InfoGripe. (E.C.)