Estados precisam dobrar o ritmo de vacinação

Ontem, 2.220 845 doses foram aplicadas no Brasil
Ontem, 2.220 845 doses foram aplicadas no Brasil - FOTO: Verônica Ribeiro/AIPMI

O dia que o país mais imunizou contra a Covid-19 foi ontem, com a aplicação de 2.220 845 doses. Mas para cumprir a promessa de imunizar antecipadamente sua população adulta, Estados que anunciaram a medida vão precisar dobrar o número de pessoas vacinadas por dia. É o que aponta levantamento do Estadão que compara a atual cobertura vacinal com as novas metas divulgadas.

Ao menos 13 unidades federativas projetam aplicar mais cedo a primeira dose em todos os maiores de 18 anos, com datas finais que variam entre agosto e o fim de outubro. Inicialmente, a previsão era concluir a vacinação até o fim do ano. Para antecipar o prazo, esses Estados alegam ser preciso receber os repasses previstos pelo Ministério da Saúde, que planeja distribuir 213,3 milhões de doses.

Em São Paulo, a promessa do governador João Doria (PSDB) é atender toda a população até o dia 15 de setembro. Entretanto, o Estado também tem o desafio de dobrar a aplicação diária da primeira dose. Em média, 109,6 mil receberam imunizante do início da campanha até hoje. (E.C.)