China estuda relaxar controle de natalidade e restrições

As autoridades chinesas estão traçando planos para afrouxar ainda mais as restrições à natalidade e fazer a transição para políticas que encorajem explicitamente o parto, de acordo com pessoas familiarizadas com o assunto, refletindo o aumento da urgência em Pequim à medida que o crescimento econômico desacelera e a população da China fica mais velha.

Os legisladores estão discutindo a possibilidade de acabar totalmente com todas as restrições até 2025, o fim do atual plano econômico de cinco anos do Partido Comunista Chinês, de acordo com uma das pessoas ouvidas. De acordo com essa fonte, a China provavelmente começará eliminando as restrições de natalidade nas províncias onde a taxa de natalidade é a mais baixa antes de promulgar mudanças em todo o país.

No mês passado, o presidente chinês, Xi Jinping, disse a altos funcionários do partido que considera o envelhecimento da população chinesa uma ameaça à segurança nacional, de acordo com a agência estatal de notícias Xinhua. (E.C.)