Com chegada da Janssen, País recebe metade do imunizante esperado para o mês

O primeiro lote da vacina da Janssen contra a Covid-19 chegou na manhã de ontem no Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo. Nesta remessa, que atrasou uma semana após a suspensão do envio de 3 milhões de doses, veio a metade das doses previstas do imunizante da farmacêutica da Johnson & Johnson, totalizando 1,5 milhão de doses. No início deste mês, o Ministério da Saúde anunciou que tinha fechado acordo com a farmacêutica para a aquisição de 38 milhões de doses de vacina. A previsão de entrega é de 16,9 milhões de doses entre julho e setembro e de 21,1 milhões de outubro a dezembro. (E.C.)