Aneel discute reajuste da bandeira vermelha 2 a partir de agosto

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) convocou reunião extraordinária ontem para discutir a proposta de uma abertura de consulta pública para definição de um valor da bandeira vermelha patamar 2, que deve vigorar a partir de agosto, devido a crise hídrica. A agência aprovou um reajuste de 52% na bandeira vermelha patamar 2, que passou de R$ 6,24 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos para R$ 9,49 em julho. O valor, no entanto, não será suficiente para cobrir todos os custos do acionamento de térmicas, necessárias para garantir o abastecimento no país. (E.C.)