Cepa Delta deve se tornar predominante pelo mundo, prevê diretor-geral da OMS

A variante Delta da Covid-19 está presente em pelo menos 104 países, disse o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom. A entidade espera que a cepa se torne a predominante pelo mundo em breve. "Se é que já não é", complementou a líder técnica da resposta à pandemia, Maria Van Kerkhove. As afirmações foram feitas durante coletiva à imprensa da OMS, ontem. Na semana passada, foi registrada a quarta semana consecutiva de aumento de casos de Covid-19 pelo mundo, de acordo com a organização. (E.C.)