Rio abre neste fim de semana calendário de corridas de rua

Rio abre neste fim de semana calendário de corridas de rua
Rio abre neste fim de semana calendário de corridas de rua FOTO:

A Maratona do Rio vai voltar às ruas depois de ter sido interrompida por causa da pandemia. Em quatro provas diferentes, os corredores vão passar por cartões-postais da cidade como o Aterro do Flamengo, o centro da capital e a orla da zona sul. No domingo (14), ocorrerá a meia-maratona (21 km) em percurso que começa no bairro do Leblon e vai até o Aterro.

Na segunda-feira, será a vez de competirem na corrida de 5 km e na de 10 km com trajeto de saída e chegada no Aterro a partir das 9h. Antes disso, às 5h, já terá ocorrido a largada para a tradicional Maratona do Rio, de 42 km, que sai do Aterro do Flamengo em direção ao centro da cidade.

Os corredores vão passar por percurso histórico: Monumento dos Pracinhas, Praça 15, Museu do Amanhã, Boulevard Olímpico, AquaRio, Roda Gigante, Rua Primeiro de Março e Museu de Arte Moderna. Depois, seguem para Copacabana e Ipanema, fazendo a volta no final da praia do Leblon e retornando em direção ao Aterro. Antes de chegar lá, ainda passam pelo bairro do Leme.

Neste ano, a largada foi adiantada para as 5h, contando com postos de hidratação instalados a cada três quilômetros.

Calendário

A Meia Maratona e a Maratona do Rio abrem o calendário das provas de rua no Rio, após longo período de pandemia. São as primeiras corridas a receberem autorização oficial da Confederação Brasileira de Atletismo, em 2021, que concedeu selo prata para a primeira e selo ouro para a segunda.

Segundo a entidade, o medalhista olímpico Arnaldo de Oliveira, do programa Ídolos do Atletismo Loterias Caixa, já confirmou presença no evento. O organizador do evento, João Traven, disse que foi necessário fazer um planejamento complexo para dar segurança sanitária aos participantes. “Passamos muito tempo planejando o evento e, finalmente, podemos dizer que estaremos juntos novamente em uma prova ao ar livre e com um protocolo sanitário seguro. Os atletas estão há muito tempo sem ter uma competição com esse alto nível técnico."

Protocolo

A organização espera que 30 mil atletas participem das provas. Conforme o protocolo de segurança, para evitar disseminação da covid-19 apenas pessoas imunizadas com as duas doses (ou dose única) da vacina vão participar. Quem não estiver com o esquema vacinal completo terá de apresentar resultado do teste PCR ou antígeno.

O protocolo sanitário foi elaborado pelo corpo médico da maratona e aprovado pela Secretaria Municipal de Saúde e órgãos de corrida, seguindo orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS). O protocolo se estende a uma série de medidas específicas para cada momento da jornada do corredor, na inscrição, na entrega de kits, na largada, no percurso e nas arenas.

Além das quatro provas, haverá o Desafio Cidade Maravilhosa, uma combinação de superar e testar limites. Os atletas disputarão a Meia Maratona no domingo e a Maratona na segunda-feira. Com isso, vão correr pouco mais de 63 km em dois dias. Para garantir a saúde e segurança das crianças, segundo a organização, neste ano não será realizada a Maratoninha Gloob.

Orgulho

Para o governador do Rio, Cláudio Castro, é motivo de muito orgulho o Rio abrir o calendário de provas de rua com uma competição que tem a cara da população fluminense e em cenários tão belos. “Temos que celebrar este novo momento do Rio de Janeiro: a vacinação contra a covid-19 seguindo a pleno vapor e os casos da doença em constante queda. Depois de períodos tão difíceis, nada melhor do que celebrar a vida e com muito esporte”, afirmou.

O secretário de Estado de Esporte, Lazer e Juventude, Gutemberg Fonseca, também comemorou a realização das provas. “É uma alegria enorme ver a vida voltando à normalidade, mesmo com a necessidade de ainda seguirmos certos protocolos de saúde por conta da pandemia. A Maratona do Rio é, sem dúvida alguma, um marco neste momento de retomada dos grandes eventos no Rio de Janeiro”, afirmou.

Gutemberg pediu o investimento de grandes empresas nos eventos esportivos. “Aproveito a oportunidade para lembrar às empresas que, por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, podemos trazer para o nosso estado eventos dessa magnitude, que contribuem para o fomento ao esporte, ao lazer, à economia e ao turismo em todo o Rio de Janeiro”, concluiu.

Principal destino

O governo do estado destacou que a realização da Maratona do Rio 2021 mostra, pela segunda vez consecutiva, o Rio de Janeiro como o principal destino da América do Sul em turismo de esportes. “O título foi concedido pelo World Travel Awards, iniciativa global que é considerada o Oscar do setor turístico. O Rio de Janeiro desbancou destinos como Buenos Aires e Bariloche, na Argentina; e Lima, no Peru”.

Kits

Os kits dos corredores começaram a ser entregues nesta sexta-feira (12) na Arena da Marina da Glória, no Aterro do Flamengo, das 12 às 22h e, no sábado, entre 9h e 19h, para a prova de meia maratona. Já para as provas do feriado, os kits serão recebidos no domingo (14), das 8h às 18h.

Passagem

A organização fez uma parceria especial com as empresas MetrôRio e Eletromídia e disponibilizará, nos dias das provas, gratuidade na tarifa para quem apresentar o uniforme de corrida oficial da Maratona do Rio 2021. “Isso valerá na catraca de qualquer uma das 41 estações ou nas linhas de ônibus do Metrô na Superfície, onde o acesso ao embarque será liberado. A parceria é válida apenas para o dia da prova, das 7 às 23 horas para o Metrô e das 7 às 22:30 para Metrô na superfície”, informou.