22
Geral

RJ registra queda de homicídios e roubos e alta de estupros

Agência Brasil
21/07/2022 às 19:13

O Instituto de Segurança Pública do Rio de Janeiro, ligado à Polícia Civil do estado, divulgou hoje (21) os dados da criminalidade no primeiro semestre de 2022. O estado teve redução de 15% nos homicídios dolosos e de 13% nos roubos de rua. Por outro lado, os estupros aumentaram 9%, e os desaparecimentos, 37%.

Um dos principais indicadores levantados é a letalidade violenta, que somou 2.143 vítimas entre janeiro e junho de 2022, o que representa uma queda de 18% na comparação com o mesmo período do ano passado. O número soma homicídios dolosos, roubos seguidos de morte, lesões corporais seguidas de morte e mortes por intervenção de agentes do Estado.

Somente no mês de junho, foram 314 mortes desse tipo registradas pelas delegacias de polícia, um número 8% menor que o de junho do ano passado.

As mortes que resultaram da intervenção de agentes do Estado foram 628 entre janeiro e junho, o que significa uma queda de 22% em relação a 2021. Em junho, foram 77 casos, 21% a menos que no ano passado. Ainda segundo o ISP, cinco policiais militares e dois policiais civis foram mortos em serviço de janeiro a junho de 2022, enquanto, no ano passado, quatro PMs e nenhum policial civil foram mortos em serviço no mesmo período.

Pessoas desaparecidas

O número de desaparecimentos registrados pela polícia subiu de 1.893, em 2021, para 2.595, em 2022, segundo o ISP. Somente no mês de junho, foram 415 pessoas desaparecidas, 89 a mais que em junho do ano passado.

Também houve aumento nos casos de estupro. De janeiro a junho deste ano, 2.740 pessoas foram vítimas desse crime, e 440 sofreram essa violação no mês de junho, o que representa uma alta de 25% em relação a junho de 2021.  

Os roubos de rua, que incluem também roubos no transporte coletivo, somaram 30.776 casos no semestre, redução de 13% com relação a 2021, sendo 5.319 casos em junho. Já os roubos de veículo foram 11.703 casos, com uma redução de 9%. Os furtos de veículos, por sua vez, tiveram alta de 21%, com 8.391 casos no semestre.

Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Entre em contato:

(11) 4735-8000
[email protected]
[email protected]
[email protected]

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News