22
Geral

Sem chuva há 47 dias, capital paulista tem mês de julho quente e seco

Agência Brasil
28/07/2022 às 20:49

Sem chuva há 47 dias, capital paulista tem mês de julho quente e seco FOTO:

Sem chuva há 47 dias, a cidade de São Paulo enfrenta um dos meses de julho mais secos de sua história, informou hoje (28) o Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas de São Paulo (CGE). De acordo com dados do CGE, a última precipitação significativa na capital paulista foi no dia 10 de junho.

O mês de julho deste ano já se classifica como o quarto período mais seco da série histórica, que foi iniciada em 1995. O recorde de dias consecutivos sem chuva ocorreu entre 19 de julho e 18 de setembro de 2012. Foram 62 dias sem chuva.

O calor que vem fazendo neste mês na cidade de São Paulo também já pode ser considerado recorde. Desde 1984, este foi o mês de julho mais quente registrado na capital paulista, com média mensal de 25,9º C de temperatura máxima na série histórica. A informação foi divulgada terça-feira (26) pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Até então, a temperatura mais alta para um mês de julho havia sido registrada em 1977, com média mensal de 25,3º C. Normalmente, a média máxima de temperatura para o mês gira em torno de 23º C.

Dados compilados pelo Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas da Universidade de São Paulo (IAG-USP) também mostram que não foram registradas chuvas na capital paulista neste mês de julho. Desde 1933, quando começaram a ser feitas as medições pelo IAG, nunca havia ocorrido um mês de julho totalmente sem chuvas. Esta foi a primeira vez, em 89 anos, que isso ocorreu. Até então, o pior mês de julho em precipitação havia sido registrado em 2008, quando, em apenas três dias, o acumulado ficou em 0,4 mm. Em 2016, houve apenas um dia de precipitação, mas o total acumulado foi maior, em torno de 7,4 mm.

Segundo o CGE, o cenário de calor e de falta de chuvas pode ser alterado a partir de amanhã (29). Uma nova frente fria com rápido deslocamento e acompanhada de uma massa de ar polar vai provocar chuva de baixo volume a partir desta sexta-feira, o que deve trazer queda na temperatura. Essa condição de tempo melhora a qualidade do ar em função da dispersão dos poluentes e ameniza o calor fora de época observado em pleno inverno.

 

Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Entre em contato:

(11) 4735-8000
[email protected]
[email protected]
[email protected]

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News