Prefeitos da região comentam o primeiro mês de governo

Políticos vêm com fôlego renovado e capital político para gerir as cidades pelos próximos quatro anos
Políticos vêm com fôlego renovado e capital político para gerir as cidades pelos próximos quatro anos - FOTO: Divulgação/Secop Suzano

Com o encerramento do primeiro mês das novas gestões municipais da região, o Grupo Mogi News buscou saber as principais atividades já exercidas pelas Prefeituras das cidades de Suzano, Itaquaquecetuba, Ferraz de Vasconcelos e Poá Ao que tudo indica, ao menos neste primeiro mês as ações mais relevantes foram focadas na Saúde, Infraestrutura, Segurança e Finanças.

Após ter vencido mais uma eleição para prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi (PL) tem mantido o foco nas ações de combate ao coronavírus (Covid-19). As atenções, segundo o Executivo municipal, devem continuar voltadas com destaque para o enfrentamento da doença. Ashiuchi conquistou novamente os votos dos suzanenses e segue como prefeito do município pela segunda vez consecutiva, com ampla margem de votos.

Já o primeiro mês de mandato do novo prefeito de Itaquá, o Eduardo Boigues (PP), foi marcado por intervenções da Saúde, Segurança e Infraestrutura. Ainda neste mês foi criada a Guarda Ambiental; a base da Guarda Civil Municipal (GCM) no Caiuby; obras de saneamento básico no Marengo Baixo tiveram início e o bairro Recanto Mônica ganhou um novo asfalto. Além disso, o combate aos aterros clandestinos e pancadões também tem sido colocado em prática pela nova gestão.

As primeiras ações da nova gestão da Prefeitura de Poá nestes primeiros 30 dias de mandato foram voltadas à reorganização do município, principalmente na questão financeira, visto que a prefeita Marcia Bin (PSDB) assumiu a cidade com uma projeção de déficit nas contas públicas para 2021 de R$ 77,5 milhões. Por este motivo, ainda neste ano a gestão decretou Calamidade Pública (7.731/2021), que estabelece medidas de contingenciamento e para o enfrentamento da Covid-19.

Por fim, a nova prefeita de Ferraz, Priscila Gambale (PSD), utilizou este primeiro mês do mandato para estudar e analisar os projetos já existentes na Prefeitura. Os planejamentos considerados como viáveis pela nova gestão municipal devem receber continuidade e, nos demais assuntos, serão acrescentadas novas ideias.

PRISCILA GAMBALE: 30 DIAS DE MANDATO

Focada em entender todos os departamentos da Prefeitura de Ferraz de Vasconcelos, a nova prefeita Priscila Gambale (PSD) utilizou este primeiro mês do mandato para estudar e analisar os projetos já existentes. Os planejamentos considerados como viáveis pela nova gestão devem receber continuidade e, nos demais, serão acrescentadas novas ideias.

"A zeladoria da cidade tem sido a mais relevante ação neste início de gestão, Ferraz estava precisando de cuidado, de limpeza, iluminação e muito carinho. Estes foram 30 dias para conhecer o chão que estamos pisando", explicou a prefeita. O objetivo, segundo Priscila, é implantar o novo modelo de gestão e mostrar para a população que a Prefeitura será parceira do povo.

"Não adotaremos medidas duras, faremos o necessário para que a Prefeitura funcione, para que os benefícios cheguem às famílias e que nossa cidade evolua em Saúde, Educação, Segurança e Infraestrutura", afirmou. Em conclusão, a nova prefeita garantiu que Ferraz "dará um salto de qualidade nos próximos meses". A candidata derrotou Doutor Rafu Jry com 31.944, que ficou em segundo lugar com 34,08% (29.373 votos).

MARCIA BIN: 30 DIAS DE MANDATO

As primeiras ações da nova gestão da Prefeitura de Poá nestes primeiros 30 dias de mandato foram voltadas para reorganizar o município, principalmente na questão financeira, visto que a prefeita Marcia Bin (PSDB) assumiu a cidade com uma projeção de déficit nas contas públicas para 2021 de R$ 77,5 milhões. Em razão da atual crise orçamentária e financeira, a chefe do Executivo decretou Estado de Calamidade Pública no município de Poá (7.731/2021), que estabelece medidas de contingenciamento e para o enfrentamento do novo coronavírus.

Além disso, foi publicado ainda o Decreto 7.732/2021 que determina a redução no pagamento de 20% do subsídio da prefeita, do vice-prefeito, secretários municipais, e dos vencimentos dos servidores ocupantes de cargos em comissão, com o objetivo de promover ações que reduzam os gastos públicos. “Isso representa uma economia anual nos cofres públicos em torno de R$ 22 milhões, considerando ainda o corte de horas extras aplicado no início do mandato”, explicou a Prefeitura.

O destaque nestes primeiros 30 dias, ainda de acordo com o Executivo, também vai para a Saúde com a inauguração da Porta Covid, com atendimento exclusivo para pacientes com sintomas da doença, a fim de diminuir as chances de contágio entre os demais pacientes que frequentam o Hospital Municipal Dr Guido Guida. Além disso, o município afirmou que segue em dia com o Plano Estadual de Vacinação contra a doença. A cidade já contabilizou mais de 830 pessoas vacinadas, entre profissionais da Saúde da rede municipal e idosos que vivem nas Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI). Esta semana iniciará os profissionais de Saúde da rede privada.

A prefeita Marcia Bin entende que se houver a necessidade, novas medidas de contingenciamento serão tomadas na cidade, com o objetivo de colocar as contas públicas em dia e reconstruir a cidade.“Vamos enxugar a máquina pública e fazer com que os serviços essenciais continuem funcionando normalmente em Poá. Pedimos confiança e paciência à população nesta fase tão delicada”, disse a chefe do Executivo.

Marcia acrescentou que assumiu a administração de “uma cidade cheia de dívidas e abandonada pela gestão passada”, mas que juntos, todos os setores da Prefeitura irão reorganizar a cidade e deixar do jeito que os munícipes merecem, com muito mais qualidade de vida a todos.

RODRIGO ASHIUCHI

Prefeito que manter o foco no combate à Covid-19
Prefeito que manter o foco no combate à Covid-19 - FOTO: Mogi News/Arquivo

O prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi (PL) tem mantido o foco nas ações de combate ao coronavírus. As atenções, devem continuar voltadas com grande destaque para o enfrentamento da Covid-19.

Semanas atrás, a administração municipal deu início à vacinação dos servidores municipais da Saúde que estão na linha de frente do combate à pandemia com as 2,8 mil doses da CoronaVac, que recebeu do governo do Estado. "Ao mesmo tempo, o governo municipal está atuando na reestruturação administrativa e na organização dos serviços públicos, com aprimoramentos necessários, de modo a garantir o melhor atendimento ao cidadão nos mais diferentes setores", frisou a Prefeitura de Suzano. No entanto, o prefeito Rodrigo Ashiuchi exige ainda mais ênfase na Saúde, neste momento e durante os próximos meses. Até porque, segundo o prefeito, a prioridade é a vida. (T.M.)

EDUARDO BOIGUES

Boigues revela ter avançado no setor da Saúde
Boigues revela ter avançado no setor da Saúde - FOTO: Arquivo

O primeiro mês de mandato do novo prefeito de Itaquaquecetuba, o delegado Eduardo Boigues (PP), foi marcado por intervenções da Saúde, Segurança e Infraestrutura. Foi o que afirmou a Prefeitura ainda nesta semana ao detalhar as atividades do progressista.

"Já conquistamos avanços importantes, como a vacinação contra a Covid-19 e o aprimoramento dos serviços da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) e no Posto de Saúde 24 horas", explicou a Prefeitura.

Ainda neste mês foi criada a Guarda Ambiental; a base da Guarda Civil Municipal (GCM) no Caiuby; obras de saneamento básico no Marengo Baixo tiveram início e o bairro Recanto Mônica ganhou um novo asfalto. Além disso, o combate aos aterros clandestinos e pancadões também tem sido colocado em prática pela nova gestão.

"Todos os trabalhos iniciados desde o início do mandato serão intensificados. Vamos continuar dando total atenção nessa fase delicada de pandemia, com todo o respaldo necessário para a campanha de vacinação contra a Covid-19", garantiu a Prefeitura. (T.M.)

Deixe uma resposta

Comentários