Turismo repassa à região R$ 5 milhões em 2020

Igreja Matriz de Poá é um dos pontos  turísticos
Igreja Matriz de Poá é um dos pontos turísticos - FOTO: Daniel Carvalho

Municípios turísticos do Alto Tietê receberam mais de
R$ 5 milhões do Departamento de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios Turísticos (Dadetur) em 2020.

Ao todo, quatro dos dez municípios que compõe a região foram contemplados pelo repasse, Poá recebeu o maior valor. Com a verba, a Secretaria de Turismo do Estado pretende estimular o reaquecimento do setor e preparar as cidades para o retorno da demanda turística após a vacinação contra o coronavírus (Covid-19).

Juntos, os Municípios de Interesse Turístico (MITs) localizados no Alto Tietê receberam

R$ 5.090.000 no ano passado. A Estância Hidromineral de Poá levou o maior montante do valor destinado, sozinha, a cidade recebeu R$ 3,6 milhões do Dadetur - órgão da Secretaria de Turismo do Estado. A Estância Turística de Saleóspolis sacou R$ 792 mil para seus projetos do setor no município, Guararema recebeu R$ 398 mil e Santa Isabel R$ 300 mil.

"Esse repasse recorde foi importante principalmente pelo cenário de pandemia, cruel com todo o setor de turismo. As cidades puderam investir, o que gerou empregos em outros setores, como na construção civil, e manteve a economia local aquecida", justificou Vinicius Lummertz, secretário de Turismo do Estado.

A verba do Dadetur é um recurso que está disponível para cada estância no orçamento do Estado todos os anos. E, para recebê-lo, a Prefeitura deve determinar quais serão os objetos dos convênios a serem celebrado.

* Texto revisado pelo editor

Deixe uma resposta

Comentários