Saneamento será ampliado na zona norte de Suzano

Ampliação do sistema de esgoto na região é uma demanda antiga da Prefeitura
Ampliação do sistema de esgoto na região é uma demanda antiga da Prefeitura - FOTO: Irineu Junior/Secop Suzano

Os serviços de saneamento básico, com ligações de água e de esgoto, serão ampliados na região norte de Suzano. O anúncio das melhorias foi feito pelo prefeito Rodrigo Ashiuchi (PL) ao padre Luis Hidalgo, líder religioso do Jardim Gardênia Azul e adjacências, e a um grupo de moradores durante encontro realizado no Paço Municipal Prefeito Firmino José da Costa na última terça-feira.

De acordo com Ashiuchi, a ampliação das ligações de água e posteriormente da rede coletora de esgoto no bairro é uma demanda antiga que a prefeitura vem solicitando à Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) ao lado dos deputados estaduais André do Prado (PL) e Jorge do Carmo (PT), bem como do deputado federal Marcio Alvino (PL).

"Em diferentes ocasiões, fomos ao Jardim Gardênia Azul e conversamos com os moradores, onde tratamos do prolongamento da rede coletora e da ampliação das ligações de água nas residências. Em paralelo, a Prefeitura entrou em contato com a Sabesp e apresentou diversas demandas de melhorias para a cidade, tendo como prioridade essa atuação na região norte", explicou o prefeito.

O chefe do Executivo destacou ainda que, após análise, a empresa estadual sinalizou que deverá realizar os serviços nos próximos meses, beneficiando o distrito do Boa Vista. "Agradeço a Sabesp pelo empenho e pelo serviço que será executado. Saneamento básico também é saúde, é qualidade de vida", pontuou Ashiuchi.

Para o padre Luis Hidalgo, responsável pela Paróquia Santa Rita de Cássia, localizada no Jardim Gardênia Azul, muitas famílias o procuraram e rapidamente o prefeito atendeu ao pedido. "Fico feliz de saber dessa expansão da rede de água no bairro. O trabalho vai beneficiar muitas famílias. Agradeço a disposição do prefeito Rodrigo Ashiuchi por sempre buscar atender às solicitações da população", finalizou o religioso.