Hospital Municipal está com 81% dos leitos de UTI ocupados

Hospital Municipal de Mogi vai receber os novos leitos bancados pelo Estado
Hospital Municipal de Mogi vai receber os novos leitos bancados pelo Estado - FOTO: Arquivo/Mogi News

Mogi das Cruzes está com mais de 80% dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Municipal destinados a pacientes com coronavírus (Covid-19) ocupados. Esta é a única unidade sob responsabilidade da Prefeitura e se tornou um local de referência no tratamento da doença no município. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, dos 54 leitos de UTI, 44 estavam ocupados ontem.

Isso significa que, até a manhã de ontem, quando as informações foram divulgadas, 81% dos leitos estavam ocupados por pacientes com a Covid-19. Além disso, os leitos de Enfermaria para o tratamento da doença estavam com 51% de ocupação, considerando que do total de 70 deles, 39 estavam ocupados.

Apesar de questionada, a Secretaria de Estado da Saúde não respondeu à reportagem sobre os leitos de hospitais estaduais Luzia de Pinho de Melo, em Mogi; Santa Marcelina, em Itaquaquecetuba e o Regional Dr. Osíris Florindo Coelho, em Ferraz de Vasconcelos. Em Itaquaquecetuba, a taxa de ocupação dos leitos de UTI na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Sadako Sedoguti, até o meio-dia de ontem, era de 60%, sendo que havia cinco pessoas internadas para oito leitos municipais.

Por outro lado, de acordo com a Secretaria de Saúde de Suzano, a taxa de ocupação de vagas para internação de pacientes diagnosticados com o novo coronavírus, até as 16 horas de ontem, era de 25%. Ou seja, dos 32 leitos existentes, oito estavam ocupados: uma pessoa na ala de Enfermaria, quatro em semi-intensiva do Pronto-Socorro Municipal (PS) e três na UTI de unidade particular em parceria com a Prefeitura.

Sobre Poá, a Secretaria Municipal de Saúde informou que o Hospital Doutor Guido Guida não possui leitos de UTI cadastrados. Na unidade existem cinco leitos de estabilização com respirador e monitor cardíaco, até o momento de transferência para um hospital de referência da Central de Regulação de Ofertas de Serviços de Saúde (Cross).A Prefeitura de Ferraz de Vasconcelos, uma das cinco mais populosas cidades da região, não informou sobre as taxas de ocupação até o encerramento desta edição.

Mortes em Mogi

Mogi está próxima de atingir a marca dos 700 óbitos pela Covid-19, conforme evidenciam os números divulgados pelo Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat). Até a noite de ontem, havia um total de 695 falecimentos registrados em decorrência da doença (veja mais abaixo). Além disso, desde o início da pandemia pelo novo vírus, 16.363 mogianos já foram infectados; destes, 12.120 já se recuperaram da doença.