Cães têm espaço de lazer gratuito no Max Feffer

Os proprietários de pets têm um espaço exclusivo de lazer em Suzano. Trata-se do PlayPet, ambiente abrigado no Parque Municipal Max Feffer, localizada na avenida Senador Roberto Simonsen, 340, no bairro Jardim Imperador, que conta com piscina para os cães se refrescarem, pista de agility para treinamento e área verde. Para frequentar o espaço, é preciso criar a carteirinha do animal e um cadastro do responsável.

Para tanto, basta apresentar cópias do RG e do comprovante de endereço do responsável e carteirinha de vacinação do pet, duas fotos 3x4 coloridas e avaliação veterinária, de segunda-feira a domingo, das 8 às 17 horas. A medida segue determinações da cidade visando a preservação da boa saúde dos animais.

Sob responsabilidade da Coordenadoria de Praças, Parques e Jardins, que tem à frente a primeira-dama Larissa Ashiuchi, o local tem 1,5 mil metros quadrados, conta com área verde e uma pista de exercícios com vários obstáculos para o entretenimento dos cães, bem como uma piscina projetada especialmente para os animais se refrescarem, com cerca de dez metros cúbicos e 30 centímetros de profundidade em formato de osso. O PlayPet é capaz de comportar 30 cachorros ao mesmo tempo.

O espaço também tem uma estrutura que pode abrigar oficinas, debates, palestras e outros eventos, como a campanha de adoção "Baby, me leva!", que é realizada no local com o apoio da Secretaria Municipal do Meio Ambiente para encontrar novos lares para animais resgatados.

De acordo com Larissa, a área de lazer canino é uma conquista para a cidade e proporciona diversão, qualidade de vida e bem-estar para os animais de estimação. "Aos fins de semana o local já atinge mais de 70 visitantes, que fazem rodízio ao longo do dia. Os donos podem trazer seus amigos de quatro patas e aproveitar o tempo livre com conforto e segurança a semana inteira", afirmou.

Larissa ainda reforçou a importância do uso de máscaras e o respeito às medidas de segurança para o combate ao coronavírus (Covid-19). Para utilizar o espaço, o dono precisa manter o seu cadastro e a carteirinha do cão atualizados. "Estamos trabalhando com limitadores na entrada, sempre respeitando as orientações do Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus. O local está recebendo os cuidados necessários para garantir a segurança dos frequentadores", concluiu a primeira-dama Larissa Ashiuchi.