Projeto doa alimentos para vulneráveis

A vice-prefeita de Mogi das Cruzes Priscila Yamagami Kähler realizou uma visita à Cobal ontem ao lado do secretário de Agricultura, Felipe Monteiro de Almeida, para conhecer a "Quitanda Solidária". O projeto é desenvolvido pela Secretaria de Assistência Social, por meio do Programa Acessuas Trabalho/Conduz, em parceria com a Secretaria de Agricultura, para possibilitar o acesso das famílias em situação de vulnerabilidade social aos alimentos doados.

Em 2020, durante a pandemia da Covid-19, o projeto atendeu cerca de 100 pessoas por semana.

"Além de integrar a Agricultura com a Assistência Social, o Projeto Quitanda Solidária tem como objetivo pensar o melhor destino para os alimentos, que muitas vezes são dispensados em ótimas condições", afirmou Priscila.

O atendimento será ampliado neste ano com o apoio da Coordenadoria de Desenvolvimento Rural Sustentável (antiga Cati) e cooperativas de agricultores Cooprojur e Cooprovat. Foi realizada a inscrição da Prefeitura de Mogi das Cruzes no Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) da Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB) como unidade recebedora de produtos agrícolas produzidos pelas cooperativas.

A inclusão permitiu melhor planejamento para execução da Quitanda, agora fortalecido com o PAA. Inicialmente, serão atendidas 250 famílias cadastradas em quatro locais de distribuição e, posteriormente, o projeto será ampliado para atender até 800 famílias em oito locais.

A primeira entrega foi realizada ontem. "O projeto visa atender as famílias identificadas nos territórios de abrangência dos Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) e demais serviços da Política de Assistência Social,