Parceria garante mais 29 leitos para tratar Covid-19 em Suzano

Parceria foi firmada com o Hospital Saint Nicholas da rede particular da cidade
Parceria foi firmada com o Hospital Saint Nicholas da rede particular da cidade - FOTO: Paulo Pavione/Secop Suzano

O prefeito Rodrigo Ashiuchi (PL) firmou ontem uma parceria com o Hospital Saint Nicholas, da rede particular, reservando 29 leitos para tratamento de pessoas diagnosticadas com coronavírus (Covid-19) em Suzano. Do total, dez de Enfermaria foram liberados na tarde de ontem, enquanto que as outras 19 vagas - nove de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e o restante de Enfermaria - serão disponibilizadas hoje.

Na prática, a Secretaria de Saúde de Suzano vai acolher, por meio do Pronto-Socorro Municipal os pacientes com suspeita de infecção pelo novo coronavírus. Com a confirmação da doença, a pessoa ficará em um dos leitos disponíveis na unidade. Porém, caso haja lotação ou necessidade de UTI, haverá o encaminhamento para a Central de Regulação de Ofertas de Serviços de Saúde (Cross) ou para um dos hospitais particulares conveniados, conforme disponibilidade.

"Hoje fechamos uma parceria importante para a oferta de novos leitos. O hospital é recém-inaugurado, sendo um espaço de muita qualidade, com equipe médica de prontidão para receber os suzanenses. Agora, a unidade vem para somar com os serviços da rede municipal. O custeio será feito apenas sob utilização", informou Ashiuchi.

Para leitos de UTI, o valor é de R$ 2,5 mil a diária, e, no caso de enfermaria, o custeio será de R$ 1,4 mil. O pagamento é feito apenas mediante ocupação de paciente. "Estamos somando esforços para garantir atendimento a todos os suzanenses infectados. Nossa cidade passará de 32 leitos para 61", disse o titular da Saúde municipal, Pedro Ishi.

Das vagas específicas para pessoas com Covid-19, a prefeitura dispõe de 11 leitos semi-intensivos, com respiradores, no PS Municipal; um de UTI para gestantes na Santa Casa de Misericórdia; dez de Enfermaria e dez de UTI no Hospital Santa Maria, também da rede particular; e, agora, mais 20 de Enfermaria e nove de UTI no Hospital Saint Nicholas.

Segundo Godofredo, a parceria firmada mostra a união no combate à pandemia. "Nos sentimos honrados de servir a cidade. Conseguimos entregar esse hospital para Suzano e agora estaremos atuando em prol das famílias. Agradeço o prefeito Rodrigo Ashiuchi e o secretário de Saúde, Pedro Ishi, pela confiança", destacou o médico.

Por fim, Ashiuchi reforçou o pedido de que todos sigam as orientações da prefeitura, utilizando máscaras e álcool em gel e praticando o distanciamento social. "Precisamos da colaboração de todos para que o vírus não circule. Todo o Estado está preocupado com leitos, muitas cidades da região estão com 100% de ocupação. O cenário é preocupante e precisamos nos prevenir. Se cuidem e se protejam", pediu o prefeito.