Semae concluirá nova rede de abastecimento no Botujuru

Para execução da obra será necessária uma pausa no abastecimento das 10 às 13h
Para execução da obra será necessária uma pausa no abastecimento das 10 às 13h - FOTO: Divulgação/PMMC

Na próxima segunda-feira, o Serviço Municipal de Águas e Esgotos (Semae) concluirá a instalação de uma nova rede de água na avenida Felipe Sawaya, no Botujuru, para melhoria do abastecimento do bairro. As intervenções integram o pacote de obras de setorização que estão sendo executadas pela autarquia na região leste da cidade.

A setorização é uma divisão de uma grande área de distribuição em sistemas menores para aperfeiçoar o fornecimento de água, agilizar manutenções e diminuir perdas. Nesse dia, para a execução da obra, será necessária uma pausa no abastecimento, pelo período de aproximadamente três horas, das 10 às 13 horas.

Para evitar problemas de desabastecimento, a autarquia recomenda aos moradores que utilizem com economia a água armazenada em suas caixas d'água.

"O serviço é necessário para atender à demanda do bairro, que está entre os que mais crescem no município. Com a instalação dessa nova rede, o bairro será setorizado em duas zonas de abastecimento individualizadas, o que vai possibilitar a operação do sistema de bombeamento de forma independente" explicou Wagner de Carvalho Moraes, da Divisão de Distribuição de Água do Semae.

Ele acrescentou que, na prática, quando houver a necessidade de interrupção no fornecimento de água para reparo em um setor de abastecimento, somente a área onde for realizado o serviço é que ficará sem água, e não mais o bairro todo.

"Dessa maneira, parte do bairro continuará sendo abastecido, diminuindo o impacto de eventuais paradas no abastecimento, além de reduzir o consumo de energia elétrica e a incidência de vazamentos e perdas de água", completou.

Além desse trabalho, o Semae também está implantando uma nova rede de abastecimento na rua Palestina. "Essa obra tem como objetivo melhorar o abastecimento de regiões mais altas do Botujuru, como as ruas do Triunfo e José Mariano. O trabalho inclui a instalação de medidores de vazão e válvulas de controle de pressão. Esses equipamentos possuem sistema de telemetria que possibilita acompanhamento à distância, o que ajuda a identificar problemas no abastecimento antes que causem transtornos aos consumidores", afirmou o técnico.

A setorização da região leste é um investimento de R$ 6,7 milhões na área de abastecimento atendida pela Estação de Tratamento de Água (ETA) do Socorro. Os bairros abrangidos vão de Sabaúna à Vila Oroxó, passando por Botujuru, todo distrito de Cezar de Souza, Jardim Maricá, Ponte Grande, Jardim Aracy e Itapety, ao longo da margem direita do rio Tietê.

É importante cada imóvel manter uma caixa d'água com capacidade equivalente à quantidade de moradores. "A recomendação é de uma reserva de 200 litros diários por pessoa", ressaltou Wagner.. A caixa d'água garante o abastecimento da residência durante manutenções .

Setorização

A implantação de uma nova rede dividirá as duas áreas de abastecimento no bairro. Assim, com setores de abastecimento individualizados e operações independentes, qualquer intervenção que necessite interromper o abastecimento afetará apenas uma das regiões, em vez das duas.