Suzano retoma vacinação para aplicar segunda dose

Amanhã será a vez dos idosos maiores de 80 anos; na sexta, os idosos de 77 a 79
Amanhã será a vez dos idosos maiores de 80 anos; na sexta, os idosos de 77 a 79 - FOTO: Wanderley Costa/Secop Suzano

A Secretaria Municipal de Saúde definiu o novo cronograma de vacinação contra o coronavírus (Covid-19) em Suzano. Após o recebimento de novos lotes da CoronaVac, do Instituto Butantan, será possível seguir com a campanha amanhã sexta-feira, na Arena Suzano, que fica na avenida Senador Roberto Simonsen, 90, no bairro Jardim Imperador, a partir das 9 horas. O primeiro dia contemplará a aplicação da segunda dose em profissionais da saúde que não conseguiram se imunizar na semana passada e idosos maiores de 80 anos. Já a sexta-feira será dedicada à vacinação de pessoas entre 77 e 79 anos com a primeira dose.

O principal objetivo da operação desta quinta-feira será garantir a segunda aplicação ao público que já teve a primeira com a CoronaVac até meados de fevereiro, concluindo o prazo de espera de 14 a 28 dias. Para participar, é preciso apresentar cartão de vacinação e documento original com foto. A pasta trabalha com os dois últimos lotes da CoronaVac recebidos no município, somando 2.560 novas doses disponíveis.

Na sexta-feira, as equipes deverão se empenhar em mais um dia de imunização dos idosos com idades entre 77 e 79 anos. Para receber a dose inicial, o munícipe deverá apresentar documento original com foto, CPF, comprovante de endereço de Suzano e uma filipeta oficial devidamente preenchida com letra legível. A ficha pode ser acessada e impressa por meio do link http://bit.ly/FichaCovid. Além disso, o idoso deve efetuar o pré-cadastro no site Vacina Já (https://www.vacinaja.sp.gov.br/), do governo estadual. O sistema drive-thru para idosos com dificuldades de locomoção estará disponível nos dois dias de campanha.

"Nossas equipes seguem incansáveis na promoção das vacinas, assegurando que todas as doses recebidas cheguem aos grupos prioritários do momento, que são basicamente os profissionais de saúde, os idosos maiores de 77 anos e os acamados. Vale ressaltar que a adesão à segunda dose é o que completa a imunização proposta, garantindo maior eficácia do imunizante aplicado", disse secretário municipal de Saúde, Pedro Ishi.