Licitação para recuperação da estrada do Taboão será aberta

A estrada do Taboão será recuperada pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e tem previsão de início até agosto deste ano. A informação foi passada durante reunião online da Associação Gestora do Distrito Industrial do Taboão (Agestab) com as secretárias municipais de Mobilidade Urbana, Cristiane Ayres, e de Infraestrutura Urbana, Camila Dias, A licitação será aberta ainda neste mês.

Ao todo, 20 quilômetros da estrada, entre o encontro com a rodovia Mogi-Dutra e o município de Santa Isabel, receberão serviços de recuperação que compreende recapeamento da estrada, reparos na estrutura, restauração do sistema de drenagem e melhorias na sinalização. O prazo estimado de trabalho é de 12 meses e o investimento previsto é de R$ 17,6 milhões. A obra será realizada por meio de um convênio entre Prefeitura e o DER.

Por outro lado, a pavimentação e a urbanização das estradas municipais Yoneji Nakamura e Mauro Auricchio, um anseio antigo dos empresários e dos moradores, não tem mais data de início. "O projeto e todas as planilhas que envolvem esta obra estão sendo revisto por uma empresa especializada. Esta revisão deve começar nos próximos dias e levará em torno de duas semanas", informou Camila.

Transporte

Da Pasta de Mobilidade Urbana veio a informação de que ao menos três abrigos de pontos de ônibus serão instalados. As únicas coberturas existentes no distrito foram instaladas por empresários. Antes mesmo do início das obras de recuperação da estrada, a secretária Cristiane disse que reforçará a sinalização para motoristas e pedestres.

Em relação à necessidade de ampliar a oferta dos ônibus, Cristiane adiantou que a partir de quarta-feira a Prefeitura dará início a um amplo estudo de origem e destino em todo o sistema de transporte público da cidade. Câmeras serão instaladas na parte interna dos coletivos para identificar o número de passageiros e quais horários são os mais utilizados. "Este levantamento nos fornecerá as informações necessárias para um remodelamento geral do sistema", adiantou Cristiane.

Para o presidente da Agestab, Osvaldo Baradel, as melhorias são bem-vindas e atendem aos pleitos dos empresários.

Baradel destacou que a melhoria no serviço de ônibus é de extrema importância. "O Taboão precisa de mais ônibus e de novas linhas. Para driblar este grave problema, os empresários adotam medidas como distribuir vale-combustível, ônibus próprio, utilização de aplicativos de transporte, entre outras. Ou fazemos assim, ou o trabalhador não chega na empresa e não consegue voltar para casa", afirmou.