Mogi chega a 100% de ocupação dos leitos

Mogi das Cruzes já não oferta mais leitos para internação de pacientes com coronavírus (Covid-19). Ontem a rede que atende o município colapsou quando a ocupação alcançou 100%, tanto para leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) quanto para os de enfermaria. Novos leitos devem implantados no Hospital Doutor Arnaldo Pezzuti até o dia 17 de março, mas até lá, os infectados com sintomas graves dependerão da oscilação do sistema para conseguir uma vaga.

O tão temido colapso do sistema de Saúde em Mogi das Cruzes aconteceu. De acordo com atualização diária da Secretaria Municipal de Saúde, nesta quinta-feira já não haviam mais leitos disponíveis para internação na cidade. Os sete hospitais que ofertam vagas exclusivas já não podem mais receber novos pacientes.

Em números gerais, a ocupação de 100% dos leitos se traduz em 136 pessoas sendo tratadas em leitos de UTI e 181 reabilitadas em leitos de enfermaria. A totalidade de leitos leva em conta a soma de vagas ofertadas nas seguintes unidades: Hospital Municipal, Santa Casa, Luzia de Pinho Melo, Hospital Ipiranga, Hospital Santana, Biocor e Mogimater.

O alivio para o sistema de Saúde e todos que dependem dos hospitais citados só deverá chegar na semana que vem, até 15 de março conforme matéria nesta página. Esta é a data limite que a Secretaria de Estado da Saúde promete entregar 30 leitos (dez de UTI e 20 de enfermaria) ao Hospital Doutor Arnaldo Pezzuti. Os 30 primeiros leitos deverão anteceder uma segunda remessa de mais 60 ainda sem data programada. Na tarde de ontem, o prefeito Caio Cunha e o presidente do Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat), Rodrigo Ashiuchi estiveram no Hospital Dr. Arnaldo Pezzuti para conferir de perto os novos leitos criados e que entram em funcionamento na próxima segunda-feira. Além deste anúncio haverá reforço de leitos também no Hospital Municipal de Brás Cubas e na Santa Casa de Misercórdia de Mogi das Cruzes que também abrirá leitos para pacientes com covid. Os outros 60 leitos no Dr. Arnaldo Pezzuti serão abertos em uma outra oportunidade, com isso, desafogando o sistema público de saúde do Alto Tietê. Os leitos do Dr. Arnaldo Pezzuti, que é hospital estadual servirã para pacientes do Alto Tietê encaminhados pela busca de vagas pelo sistema da Secretaria de Estado da Saúde para a região do Alto Tietê.

* Texto supervisionado pelo editor